Banca de QUALIFICAÇÃO: BRUNO LOPES DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BRUNO LOPES DA SILVA
DATA: 16/09/2014
HORA: 14:00
LOCAL: sala 5 do anexo do CCET-UFRN
TÍTULO:

O DESEMPENHO ESCOLAR NA PERSPECTIVA DAS REDES PESSOAIS: UM ESTUDO SOBRE OS ALUNOS DAS ESCOLAS ESTADUAIS SANTOS DUMONT E ANA JÚLIA DE CARVALHO MOUSINHO.


PALAVRAS-CHAVES:

Desempenho escolar (distorção idade-série); Redes pessoais; Ensino Médio.


PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Demografia
RESUMO:

A discussão sobre desempenho escolar tem adquirido relevância no campo demográfico, pois com o advento da transição demográfica a composição da população em idade escolar tem sido bastante afetada. Assim, ao se analisar a trajetória de um aluno dentro do sistema de ensino, parte-se do pressuposto de que o seu desempenho escolar é influenciado pela rede de relações sociais a que ele está inserido. Partindo dessa perspectiva, os problemas de escolaridade apresentados por alguns alunos, como a distorção idade-série, podem ser explicados e compreendidos com base na análise da rede pessoal do aluno, visto que, é a partir dessa rede, que o aluno recebe diferentes tipos de influência, podendo ser na família, na escola ou nas relações de vizinhança estabelecidas na comunidade, as quais podem interferir sobre o seu desempenho escolar. Diante disso, considerando que na Região Metropolitana de Natal os alunos do Ensino Médio têm apresentado elevados índices de distorção idade-série, escolheu-se como estudo de caso duas escolas estaduais dessa região: Escola Estadual Santos Dumont, localizada no centro da cidade de Parnamirim, e a Escola Estadual Ana Júlia de Carvalho Mousinho, situada no bairro de N.Srª da Apresentação, Natal. Trata-se de duas escolas que estão em contextos espaciais distintos, e por isso, pressupõe-se que os alunos dessas instituições apresentam redes pessoais com estruturas diferentes. Nesse contexto, estabeleceu-se como objetivo analisar a influência das redes pessoais espacialmente distintas, sobre desempenho escolar (distorção idade-série) dos alunos da 3ª série do Ensino Médio. Para alcançar esse objeto serão adotados os seguintes procedimentos metodológicos: pesquisa bibliográfica sobre redes sociais e sobre a relação entre redes e educação; pesquisa documental junto aos históricos escolares dos alunos para identificar os alunos com distorção idade-série; e aplicação de questionário para mapear o campo de relações sociais dos alunos e assim identificar quais atores sociais interfere mais sobre o seu desempenho escolar. Assim, espera-se que com esse estudo seja possível identificar os padrões relacionais dos alunos dessas duas escolas que estão localizadas em contextos distintos, e com isso, compreender a relação existente entre redes pessoais e distorção idade-série e dinâmica espacial. Busca-se com esse estudo entender a estrutura organizacional das redes pessoais dos alunos dessas duas escolas, e de que forma essas rede topologicamente diferentes, se associam com a distorção idade-série.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1688188 - MOISES ALBERTO CALLE AGUIRRE
Interno - 6345253 - PAULO CESAR FORMIGA RAMOS
Externo à Instituição - WEBER SOARES - UFMG
Notícia cadastrada em: 09/09/2014 17:17
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao