Banca de QUALIFICAÇÃO: TIÊ DIAS DE FARIAS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TIÊ DIAS DE FARIAS
DATA: 29/08/2013
HORA: 17:00
LOCAL: Sala 04 anexo CCET
TÍTULO:

“ESTUDO DOS DIFERENCIAIS DO PERFIL OCUPACIONAL DOS TRABALHADORES EM MUNICÍPIOS METROPOLITANOS E NÃO METROPOLITANOS DO BRASIL PARA O ANO 2010”


PALAVRAS-CHAVES:

Metropolitano, Organização do Trabalho, Estrutura Ocupacional, Reestruturação Produtiva, Brasil.


PÁGINAS: 41
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Demografia
RESUMO:


O rápido processo da transição urbana no Brasil propiciou a formação de regiões
metropolitanas, de modo que, a estruturação destes espaços foi marcada pela segregação
social. Neste contexto, observou-se que ao longo da reestruturação produtiva, o perfil do
trabalhador no país passou por transformações para se adaptar às novas formas de
organização do trabalho. Conhecer o perfil ocupacional dos trabalhadores urbanos é
importante para subsidiar políticas públicas em um país com 84,4% de sua população
vivendo em cidades. Sendo assim, investiga-se neste estudo, a problemática neste da
estrutura ocupacional dos trabalhadores que estão inseridos na realidade metropolitana e
não metropolitana brasileira. Foram selecionados 427 municípios, sendo que, 67,2%
pertencem ao espaço não metropolitano, enquanto 32,8% estão inseridos em áreas
metropolitanas. Os municípios metropolitanos detêm 61% da PIA com renda per capta
de aproximadamente 972 reais, os municípios não metropolitanos PIB per capita. O
critério adotado para inclusão dos municípios estabelece que tenham população total 50
mil habitantes ou mais e taxa de urbanização superior ou igual a 70%. As informações
municipais foram obtidas do Censo 2010 - IBGE e os indicadores objetivos do Atlas do
Desenvolvimento Humano 2013, elaborado pelo Programa das Nações Unidas para o
Desenvolvimento - PNUD. Com a utilização de métodos estatísticos apropriados serão
testadas as hipóteses para comparação de diferentes aspectos da estrutura ocupacional
nos espaços metropolitanos e não metropolitanos. Além disso, se procederá a
modelagem de variáveis dependentes, como: taxa de ocupação, taxa de desocupação,
entre outras, em função de um conjunto de indicadores independentes, tais como: renda
per capita, PIB per capita, índice de Gini, anos de estudos e outras mais, utilizando-se
métodos de regressão múltipla e modelo logístico.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 073.541.183-20 - MARDONE CAVALCANTE FRANCA - UFRN
Interno - 1346630 - LARA DE MELO BARBOSA ANDRADE
Externo ao Programa - 2374871 - ZORAIDE SOUZA PESSOA
Notícia cadastrada em: 26/08/2013 14:58
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao