Banca de DEFESA: FERNANDA MARTINS SOBRINHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FERNANDA MARTINS SOBRINHO
DATA : 29/04/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Ambiente virtual (Google Meet)
TÍTULO:

Melhoria na utilização de um serviço de atenção secundária ambulatorial em saúde


PALAVRAS-CHAVES:

Atenção Secundária à Saúde; Melhoria de Qualidade; Utilização de instalações e Serviços; Acesso aos Serviços de Saúde.


PÁGINAS: 97
RESUMO:

Introdução: O acesso aos serviços da atenção secundária especializados é considerado um “gargalo”para efetivação da integralidade do cuidado, justamente pela restrição de acesso que,consequentemente, gera demanda reprimida a esses serviços. Uma política de governo do estado da Bahia se propõe preencher o vazio assistencial ligado ao apoio diagnóstico e ao atendimento clínico especializado, por meio da implantação de Policlínicas Regionais. No entanto, em uma Policlínica implantada, 26,3% das vagas ofertadas não foram utilizadas no segundo semestre de 2018. Desta forma, justifica-se a realização de ciclode melhoria, com intuito de otimizar a utilização dos serviços ofertados.

Objetivo: Melhorar a utilização dos serviços ofertados pelaPoliclínica Regional de Saúde, por meio da aplicaçãode ciclo de melhoria.

Metodologia: Trata-se de um ciclo de melhoria, estudo do tipo quase-experimental, sem grupo controle, com avaliações antes e depois,  combinado com análise de série temporal, realizado no biênio 2019/2020,em uma Policlínica Regional de Saúde do estado da Bahia, Brasil. Para o ciclo proposto, estabeleceram-se três indicadores de qualidade para avaliar a utilização dos serviços ofertados em dois momentos, pré-intervenção e pós-intervenção. A análise foi realizada a partir da frequência absoluta e relativa e melhoria absoluta e relativa. A significância estatística foi testada utilizando-se do teste do valor de z, por meio do programa estatístico OpenEpi. Para análise gráfica, empregaram-segráficos de tendência. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa, conforme parecer 4.378.642.

Resultados: Antes das intervenções, identificou-se, na avaliação, utilização média dos serviços de 75,4% no trimestre. A partir da implantação das intervenções, evidenciaram-se os três primeiros trimestres com utilização maior do que na avaliação, tendo 80,4%, 79,5% e 79,3% de utilização, respectivamente. Apenas no último trimestre, o percentual de utilização foi menor do que na avaliação, sendo 74,7%, influenciado pela baixa utilização dos exames/procedimentos. No entanto, essas diferenças foram significativas estatisticamente, com p-valor <0,001.

Conclusão: Por meio da aplicação de ciclos de melhoria, o objetivo deste estudo foi alcançado, uma vez que notou-se melhora na utilização dos serviços ofertados pela Policlínica pelos municípios consorciados. Vislumbram se a continuidade deste estudo e otimização da utilização dos serviços para realização de novos ciclos de melhoria.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2149485 - ANTONIO MEDEIROS JUNIOR
Interno - 1868020 - ZENEWTON ANDRÉ DA SILVA GAMA
Externa à Instituição - MERY NATALI SILVA ABREU - UFMG
Notícia cadastrada em: 26/04/2021 09:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao