Banca de QUALIFICAÇÃO: PRISCILA TAVARES MACEDO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PRISCILA TAVARES MACEDO
DATA : 12/01/2018
HORA: 08:00
LOCAL: INSTITUTO DO CEREBRO
TÍTULO:

EFEITOS DE DIFERENTES CONDIÇÕES CONTEXTUAIS OU DA INFUSÃO DE PEPTÍDEO BETA-AMILÓIDE NA MEMÓRIA ESPACIAL E EXPRESSÃO DE GENES IMEDIATOS NO HIPOCAMPO DE RATOS EXPOSTOS AO LABIRINTO DE BARNES


PALAVRAS-CHAVES:

peptídeos beta-amilóide; memoria espacial; estratégia; genes imediatos; c-Fos; Zif-268; hipocampo; labirinto de Barnes.


PÁGINAS: 90
RESUMO:

A Doença de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa caracterizada por alterações patológicas advindas da deposição e do acúmulo de peptídeos beta-amilóides (AA, levando à perda de memória episódica. O prejuízo neurocognitivo é associado ao dano sináptico e neuronal no hipocampo e córtex entorrinal. Em nosso estudo, realizamos avaliações comportamentais em ratos Wistar de 6 meses para averiguar a memória sob diferentes demandas cognitivas, estabelecendo padrões basais de comportamento e expressão de genes imediatos; além disso, induzimos à falha cognitiva com infusão intracerebral de peptídeos A em CA1 e ventrículo de ratos, de mesma idade para avaliação da memória espacial no labirinto de Barnes; a seguir foram feitas análises de possíveis mecanismos moleculares subjacentes aos déficits hipocampais, por meio de imunohistoquímica para genes imediatos. Em nossos resultados observamos que animais submetidos a diferentes demandas cognitivas, expostos ou não a pistas espaciais apresentam diferenças comportamentais, indicando que a tarefa de Barnes é melhor desempenhada em condições espaciais, o que não inviabiliza a sua execução, mas retarda a recordação e afeta a forma de pesquisa no aparato, modificando o tipo de estratégia de busca. Quanto à expressão diferencial de genes imediatos, vimos que animais submetidos à condição espacial no teste do Barnes apresentam maior expressão de Zif-268 na sub-região hipocampal CA2, enquanto aqueles sob demanda não-espacial, não diferem do controle para essa expressão. Adicionalmente, animais A infundidos apresentaram inversão no padrão comportamental de estratégia de pesquisa no aparato comparativamente a seu controle, respectivamente, estratégia não-espacial e espacial, além de retardo na expressão da memória espacial, com aumento da latência e distância até atingir o objetivo da tarefa. Consequentemente, a expressão de genes imediatos também foi diferencial, havendo redução na expressão de c-Fos em CA1 hipocampal nos animais tratados com A, associando-se à deficiência na recordação da tarefa em seus aspectos espaço-temporais. Em aparente contradição, a sub-região do giro denteado de animais A revelou aumento na expressão de c-Fos comparado ao nível do controle, podendo estar associado a mecanismos compensatórios dos déficits cognitivos. Em conclusão, nosso estudo apontou aspectos diferenciais na expressão gênica e comportamental de animais em condições espaciais ou não, bem como induzidos a déficits espaciais sob efeito de peptídeos A. Além disso, o modelo de infusão de peptídeos aproxima os achados comportamentais da condição inicial do Alzheimer, podendo revelar novos achados bioquímicos e farmacológicos que elucidem a doença.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1728817 - CLAUDIO MARCOS TEIXEIRA DE QUEIROZ
Interno - 1674643 - MARCOS ROMUALDO COSTA
Presidente - 187.472.708-29 - REGINA HELENA DA SILVA - UNIFESP
Interno - 1698305 - RODRIGO NEVES ROMCY PEREIRA
Notícia cadastrada em: 11/12/2017 16:55
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao