Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSEPH ANDREWS BELO ALVES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOSEPH ANDREWS BELO ALVES
DATA : 15/07/2016
HORA: 14:00
LOCAL: INSTITUTO DO CÉREBRO
TÍTULO:

Coordenação de ritmos respiratórios, táteis e vocais durante comportamento exploratório em ratos


PALAVRAS-CHAVES:

Vocalizações Ultrassônicas; Whisking; Sniffing; Sincronização.


PÁGINAS: 40
RESUMO:

Ao explorar ativamente o ambiente, ratos exibem comportamentos sensório-motores rítmicos com frequência na faixa teta (5-10 Hz). Dentre esses estão o sniffing (respiração ativa e rápida), o whisking (movimento das vibrissas faciais) e as vocalizações ultrassônicas. Já foram observadas formas de sincronicidades entre tais ritmos. A protração e retração das vibrissas estão associadas em fase, respectivamente, à inalação e exalação respiratória. A constrição laríngea necessária para a produção vocal, por sua vez, está condicionada à fase exalante do sniffing e de retração do whisking. Embora essas e outras observações indiquem uma interação entre ritmos e geradores de padrões no tronco encefálico os quais são atribuídos os movimentos orais e faciais, ainda não há estudos que contemplem os três sinais simultaneamente. Com o intuito de adquirir melhor compreensão acerca das hierarquias concernentes aos circuitos neurais envolvidos em tais atividades, nós gravamos simultaneamente as oscilações motoras durante exploração social livre, ocasião na qual as três citadas estão presentes. Para este propósito, oito eletrodos foram inseridos cirurgicamente para a aquisição de sinais eletromiográficos bilaterais dos músculos que controlam as vibrissas e uma cânula foi implantada através do osso nasal para registro do ciclo respiratório. Após recuperação e habituação, dois ratos (um implantado e outro de estímulo) foram posicionados sobre duas plataformas separadas por uma fenda onde possibilitava a exploração mútua dos animais. Esses episódios foram filmados através de uma câmera de alta velocidade (250 Hz) para a captura dos movimentos das vibrissas. As vocalizações ultrassônicas foram detectadas por um microfone suspenso. Nós conduzimos análises de fase e frequência para validar os sinais registrados e caracterizar as ações recíprocas entre esses ciclos em contextos sociais. Resultados mostram que ambos o whisking e o sniffing ocorrem em frequências teta. Além disso, a esperada relação em anti-fase entre os sinais dos grupos musculares que controlam a protração e retração das vibrissas assim como a forte sincronia com o ciclo respiratório foram observadas. Sugere-se também uma dissociação entre o whisking e o sniffing quando as vocalizações acontecem.

MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1721223 - ADRIANO BRETANHA LOPES TORT
Presidente - 2069422 - DIEGO ANDRES LAPLAGNE
Interno - 1996111 - MARTIN PABLO CAMMAROTA

Notícia cadastrada em: 11/07/2016 11:29
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao