Banca de DEFESA: JÉSSICA ALVES DE MEDEIROS ARAÚJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JÉSSICA ALVES DE MEDEIROS ARAÚJO
DATA: 08/04/2015
HORA: 14:00
LOCAL: INSTITUTO DO CÉREBRO
TÍTULO:

"REPROGRAMAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCO MESENQUIMAIS EM NEURÔNIOS UTILIZANDO GENES PRÓ-NEURAIS"

 


PALAVRAS-CHAVES:

células-tronco mesenquimais, cordão umbilical humano, medula óssea, diferenciação neuronal, reprogramação genética


PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Fisiologia
RESUMO:

A possibilidade de repor células perdidas em doenças neurodegenerativas através de transplantes com células-troncos das mais diversas fontes vem sendo amplamente estudada. As células-tronco adultas (CTA) podem ser facilmente isoladas e sua utilização na pesquisa não envolve questões éticas e religiosas. Além disso, estas células são menos propícias à transformação tumoral do que células-tronco embrionárias, outra importante fonte de células para terapias celulares. No entanto, as CTA são, em estados fisiológicos, restritas a geração de células dos seus tecidos de origem, o que poderia limitar a sua utilização. Porém, nos últimos anos, uma série de técnicas vem sendo descritas com o objetivo de reverter tais limitações. Neste trabalho, nós investigamos a capacidade das células-tronco mesenquimais, isoladas de camundongos adultos ou do cordão umbilical humano adulto, serem induzidas a adquirir um fenótipo neuronal de forma direta, sem passar por um estágio de célula progenitora ou pluripotente, através da reprogramação genética com genes pró-neurais. Nossos resultados indicam que tanto células-tronco mesenquimais adultas murinas quanto humanas podem ser reprogramadas em neurônios após a expressão combinada de Sox2 e Ascl1 ou Sox2 e Neurog2. As células reprogramadas exibem morfologias compatíveis com o fenótipo neuronal, expressam proteínas típicas de neurônios maduros, apresentam a capacidade de gerar potenciais de ação repetitivos e formam conecções sinápticas com outros neurônios presentes no cultivo. Portanto, nosso trabalho apresenta a primeira evidência de reprogramação direta de células-tronco mesenquimais humanas em neurônios funcionais.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1976236 - EMELIE KATARINA SVAHN LEAO
Presidente - 1674643 - MARCOS ROMUALDO COSTA
Externo à Instituição - STEVENS KASTRUP REHEN - UFRJ
Notícia cadastrada em: 26/03/2015 13:18
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao