Banca de DEFESA: JOHN GLENNEDY BEZERRA GURGEL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOHN GLENNEDY BEZERRA GURGEL
DATA: 02/07/2012
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de aula do PEC
TÍTULO:

MODELAGEM NUMÉRICA DE ESTRUTURAS DE CONTENÇÃO ATIRANTADAS EM AREIA


PALAVRAS-CHAVES:
 

Contenção; cortina atirantada; areia; análise numérica; método dos elementos finitos.



PÁGINAS: 98
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Civil
SUBÁREA: Geotécnica
ESPECIALIDADE: Fundações e Escavações
RESUMO:

 O presente trabalho apresenta um estudo numérico através do método dos elementos finitos (MEF) utilizando-se o aplicativo computacional Plaxis 2D, com o objetivo de verificar aspectos do comportamento de estruturas de contenção atirantadas em areia. As análises foram dirigidas ao desenvolvimento dos deslocamentos horizontais, das tensões horizontais e dos esforços internos (esforço cortante e momento fletor) durante o processo construtivo da estrutura. As simulações numéricas incluíram avaliações da inf luência do comprimento da ficha, do espaçamento horizontal entre os tirantes, da espessura da parede e do comprimento do trecho livre. O perfil de solo utilizado nas simulações numéricas é representativo de uma determinada região da Cidade  de Natal – RN, na qual são construídas com frequência contenções do tipo analisado no presente trabalho. Usou-se o modelo constitutivo de Mohr-Coulomb para simular o  comportamento do solo e o modelo elástico linear para simular o comportamento dos elementos estruturais. Os parâmetros de resistência do solo foram obtidos por meio de ensaios de cisalhamento direto. Já os parâmetros de deformabilidade foram obtidos através de correlações empíricas obtidas de resultados de ensaios SPT executados na região em estudo. Os resultados obtidos mostraram que variações no comprimento da ficha praticamente não influenciam o comportamento da estrutura, no âmbito dos parâmetros avaliados. Já o espaçamento horizontal entre os tirantes apresenta forte influência sobre essas grandezas. Verificou-se também que a espessura da parede apresenta considerável influência sobre os deslocamentos horizontais e sobre os esforços internos, porém, apresenta pouca influência sobre as tensões horizontais.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1149451 - OLAVO FRANCISCO DOS SANTOS JUNIOR
Externo à Instituição - PAULO JOSÉ ROCHA DE ALBUQUERQUE - UNICAMP
Externo à Instituição - WILSON CARTAXO SOARES - UNIPÊ
Presidente - 2551234 - YURI DANIEL JATOBA COSTA
Notícia cadastrada em: 27/06/2012 11:23
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao