Banca de DEFESA: FRANCISCO MATEUS GOMES LOPES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCO MATEUS GOMES LOPES
DATA: 09/03/2012
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de Aula do PEC - Setor 4, bloco "I", sala 20.
TÍTULO:

ESTUDO DO COMPORTAMENTO MECÂNICO DE AREIAS ARTIFICIALMENTE CIMENTADAS


PALAVRAS-CHAVES:

Areia, cimento, tensão-deformação, índice de vazios, resistência à compressão.


PÁGINAS: 109
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Civil
SUBÁREA: Geotécnica
ESPECIALIDADE: Mecânicas dos Solos
RESUMO:

Solos melhorados com adição de cimento têm sido bastante utilizados como alternativa na construção de diversos tipos de obras geotécnicas, quase sempre por apresentar vantagens econômicas e ambientais. Este trabalho apresenta um estudo sobre a utilização de cimento no melhoramento das propriedades mecânicas de solos arenosos característicos da região de Natal, coletados em dunas. Foram avaliados a influência do teor de cimento, do índice de vazios e da inundação e da tensão confinante. Corpos-de-prova moldados a partir de misturas de solo-cimento foram submetidos a ensaios de resistência à compressão simples e à compressão triaxial. Nas amostras as porcentagens de cimento foram variadas em 2,5%, 5% e 10%. O agente cimentante utilizado foi o Cimento Portland de Alta resistência inicial ( CP-V ARI), que promoveu agilidade ao procedimento experimental por apresentar um processo de cura mais rápido.Os índices de vazios utilizados variaram de 0,7 (mais compacto), 0,9 e 1,1(mais fofo). A caracterização indicou que o solo estudado pode ser considerado como uma areia pura. De uma forma geral, pode-se afirmar que quanto maior a quantidade de cimento adicionado à areia estudada, maior a sua resistência final. Da mesma forma, quanto mais compacto estiver esse solo, isto é, quanto menor o índice de vazios, mais resistente ele se apresentará. A tensão confinante tende a aumentar a resistência dos corpos de prova. Nos graus de cimentação adotados, a utilização de diferentes critérios de ruptura não alterou significativamente os parâmetros tensão-deformação para a areia estudada. Os valores de ângulo de atrito encontrados estavam dentro dos valores típicos para areias médias e compactas. A cimentação agiu na areia de modo a proporcionar um intercepto de coesão que aumentou com o incremento da cimentação. Nos ensaios de compressão triaxial, a areia com índice de vazios igual a 0,7 apresentou o comportamento esperado para uma areia compacta, enquanto o comportamento tensão deformação da mesma areia com índice de vazios de 0,9 tendeu ao esperado para a areia fofa.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149451 - OLAVO FRANCISCO DOS SANTOS JUNIOR
Interno - 2551234 - YURI DANIEL JATOBA COSTA
Notícia cadastrada em: 08/03/2012 14:31
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao