Banca de DEFESA: ROBSON RIBEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ROBSON RIBEIRO
DATA : 26/06/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

INTERAÇÃO SOLO-ESTRUTURA NÃO LINEAR EM FUNDAÇÕES DE AEROGERADORES ONSHORE EM RADIER ESTAQUEADO: EFEITOS NA ANÁLISE MODAL E DINÂMICA EM UM AEROGEADOR NREL 5 MW.


PALAVRAS-CHAVES:

Fundação para aerogeradores; Radier estaqueado; Análise modal; Interação solo-estrutura; ABAQUS; Dinâmica; NREL 5 MW


PÁGINAS: 202
RESUMO:

Estruturas de suporte para geradores eólicos consistem em estruturas dinamicamente sensíveis. Com o aumento do diâmetro do rotor, buscando maximizar a geração de energia, essa situação tende a ficar mais crítica ensejando estudos mais precisos a respeito do comportamento do sistema. É sabido, a partir de pesquisas anteriores e da prática de projeto, que a interação solo-estrutura (ISE) tem uma grande influência nas frequências naturais de vibração do aerogerador, bem como nos esforços e deslocamentos quando da aplicação das cargas de vento e de utilização. Tendo em vista esse cenário, a presente pesquisa busca aprofundar os estudos relativos ao uso de modelos não lineares de interação solo-estrutura na análise de torres de suporte para aerogeradores. Foi utilizado o aerogerador modelo da National Research Laboratory (NREL) com potência nominal de 5 MW e os dados geotécnicos do Parque Eólico Miassaba 3, no estado do Rio Grande do Norte. Foram utilizados quatro modelos distintos, sendo eles: um modelo analítico com expressões apresentadas em DNV (2002); modelo numérico discreto não linear com curvas p-y, t-z e Q-z do API (2005); modelo numérico discreto não linear calibrado com resultados de prova de carga estática e modelo numérico contínuo com modelo constitutivo elasto-plástico também calibrado com os PCE’s (utilizando o programa ABAQUS). Os resultados mostram uma discrepância grande entre os modelos numéricos e o analítico, onde o segundo fornece rigidezes bem maiores, sendo essa diferença maior para cargas extrema. Tal fato revela a necessidade do uso de modelos numéricos não lineares. Além disso, foram avaliados os resultados do uso desses modelos na amplificação dinâmica da carga 1P, que revelou uma diferença de até 16 e 20% nas cargas de momento e força horizontal transferidas à fundação, respectivamente.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1752508 - DANIEL NELSON MACIEL
Presidente - 1515200 - JOSE NERES DA SILVA FILHO
Externo à Instituição - LUIZ CARLOS DE ALMEIDA - UNICAMP
Notícia cadastrada em: 05/06/2020 07:55
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao