Banca de QUALIFICAÇÃO: RUAN LANDOLFO DA SILVA FERREIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RUAN LANDOLFO DA SILVA FERREIRA
DATA: 03/03/2016
HORA: 09:00
LOCAL: A DEFINIR
TÍTULO:

ARGAMASSAS DE REVESTIMENTO PRODUZIDAS COM AGREGADOS RECICLADOS PROVENIENTES DE UMA USINA DE RECICLAGEM DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Resíduos de construção e demolição, agregado reciclado, argamassas de revestimento.


PÁGINAS: 30
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Civil
SUBÁREA: Construção Civil
ESPECIALIDADE: Materiais e Componentes de Construção
RESUMO:

A indústria da construção civil é responsável por transformar o ambiente natural em um ambiente construído. O processo de construção, reforma e demolição, pode ocasionar significativos problemas ao meio ambiente, devido a extração de matérias primas e a destinação inadequada dos resíduos gerados. Estes, comumente, correspondem a mais da metade dos resíduos sólidos urbanos, tendo como principais destinos, terrenos baldios, margens de estradas e rios, acarretando sérios impactos ambientais, sociais e econômicos.    Face a essa perspectiva, surge a necessidade de buscar novas alternativas e tecnologias que visem a reciclagem/reutilização desses resíduos de forma sustentável. Dessa forma, busca-se analisar a viabilidade técnica da utilização de agregados reciclados provenientes de uma usina de reciclagem de resíduos de construção civil classe A, na produção de argamassas de revestimento. Inicialmente, analisou-se as propriedades físicas e microestruturais dos agregados reciclados. Em seguida, observou-se o desempenho de revestimentos argamassados, frente ao potencial de aderência ao substrato e ao surgimento de fissuras, em diferentes traços (1:1:6, 1:1:7 e 1:2:9, todos em volume de cimento, cal e agregado miúdo, respectivamente) e com 100% de substituição do agregado natural pelo reciclado, de modo a avaliar qual proporção apresenta melhor comportamento. Com isso, serão avaliadas as propriedades das argamassas no estado fresco, por meio dos ensaios de densidade de massa, retenção de água e consistência; e no estado endurecido através das propriedades físicas, higrotérmicas e mecânicas. Em campo, serão estudadas as propriedades de durabilidade e desempenho de sistemas de vedação vertical interno e externo de unidades habitacionais regionais. Espera-se que o uso dos resíduos de construção e demolição (RCD) classe A como agregado reciclado seja viável tecnicamente e que possa ser aplicado em construções futuras, reduzindo os impactos ambientais gerados por esses resíduos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 022.937.264-36 - ANDREZA KELLY COSTA NOBREGA - UFERSA
Externo à Instituição - ENIO FERNANDES AMORIM - IFRN
Interno - 022.621.844-96 - MARCOS ALYSSANDRO SOARES DOS ANJOS - IFRN
Notícia cadastrada em: 24/02/2016 10:26
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao