Banca de QUALIFICAÇÃO: DÊNIS CARLOS DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DÊNIS CARLOS DA SILVA
DATA: 17/06/2013
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório A do CCHLA
TÍTULO:

A configuração do circuito espacial de produção sucroalcooleiro em Alagoas


PALAVRAS-CHAVES:

Circuito espacial de produção, círculos de cooperação e cana-de-açúcar


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

Estudar o circuito espacial de produção sucroalcooleiro em Alagoas implica em aprofundar a compreensão sobre a história territorial do estado. Vários aspectos presentes na realidade alagoana foram herdados da dinâmica desta atividade. Hoje, recordista no Nordeste em produção de açúcar e álcool, Alagoas conta com 25 unidades produtoras (usinas), e exporta seus produtos para muitos países. Esse complexo sucroalcooleiro se estende basicamente pela zona da mata, por ser a região do estado mais apropriada para a produção da cana-de-açúcar. Porém, a área canavieira compreende a 54 municípios, o que corresponde a mais da metade do total de municípios alagoanos. O circuito espacial de produção sucroalcooleiro em Alagoas se insere dentro da lógica global, justamente por atender em grande parte as exigências do mercado externo que faz com que a produção realize vários percursos em larga escala, que contraditoriamente, contribui para o empobrecimento local. Para a concretização desses projetos, os chamados agentes hegemônicos contam com o apoio de instituições publicas e privadas, que vão intermediar a teia de relações e fazer possível a confirmação de suas práticas, através das normas e dos círculos de cooperação. Neste sentido, se faz necessário a utilização da teoria do espaço geográfico de Milton Santos (2008), que considera que o espaço é composto por cinco elementos: homem, meio ecológico, instituições, firmas e infraestrutura. Para aproximar tal concepção à realidade concreta, considerou-se o conceito de território, e se utilizou como categoria de análise o uso do território, somado ao conceito de circuito espacial de produção, perpassando por clássicos da literatura geral (MARX, 2011) e geográfica (MORAES, 1985) e (SANTOS 1986), que se constituem em um valioso instrumento na busca da compreensão das transformações do mundo atual. Desse modo, fica evidente que a operacionalização do circuito espacial de produção sucroalcooleiro em Alagoas é sistematizado a partir de uma lógica que mesmo sendo externa, está cada vez mais presente através das redes, e consegue impor suas regras e estabelecer a manutenção e o funcionamento dos ditames do mercado mundial.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2177362 - ALDO ALOISIO DANTAS DA SILVA
Presidente - 1486670 - CELSO DONIZETE LOCATEL
Interno - 347943 - RITA DE CASSIA DA CONCEICAO GOMES
Notícia cadastrada em: 17/06/2013 10:31
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao