Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIANA DE VASCONCELOS PINHEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: MARIANA DE VASCONCELOS PINHEIRO

DATA: 31/03/2010

LOCAL: Sala de Pesquisa do anexo do CCHLA

TÍTULO:

Produção do espaço e a verticalização em Ponta Negra, Natal/RN


PALAVRAS-CHAVES:

Produção do Espaço. Verticalização. Reprodução do Capital. Ponta Negra. 


PÁGINAS: 111

GRANDE ÁREA: Ciências Humanas

ÁREA: Geografia

RESUMO:

Este trabalho consiste na dissertação de mestrado, vinculado ao Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGE) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), mais especificamente ao grupo de pesquisa intitulado Unidade Interdisciplinar de Estudos sobre a Habitação e o Espaço Construído. A pesquisa desenvolvida por meio deste tem como tema central a verticalização do solo do bairro Ponta Negra, Nata, RN, percebendo esta dinâmica como forma de reprodução do capital na cidade. No decorrer da década de 2000, o bairro de Ponta Negra, passou por um intenso processo de verticalização do seu solo, proporcionado por um conjunto de condições criadas a partir de novas funções econômicas, sociais e políticas que começaram a ser delineadas a partir, principalmente, do desenvolvimento do turismo nesse bairro desde a década de 1980. O desenvolvimento da atividade turística e o ordenamento territorial do bairro Ponta Negra promovido através do Estado com suas políticas de legislação e ordenamento da cidade, além da percepção dos agentes ligados à construção civil, possibilitaram que o bairro se tornasse uma área propícia aos investimentos na sua verticalização e alvo da especulação imobiliária. Vários empreendimentos verticais foram construídos até o ano de 2010, enquanto outros estão em construção, o que, ao longo dos anos transformou a dinâmica socioespacial do bairro. Considerando que o espaço urbano é socialmente construído, produto e condição para o processo de reprodução da sociedade capitalista, esta pesquisa tem por objetivo analisar a verticalização deste bairro através da teoria da produção social do espaço de Henri Lefebvre, considerando as relações estabelecidas entre os agentes sociais produtores do espaço urbano na produção do espaço urbano de Ponta Negra através da verticalização do seu solo, para fins de reprodução do capital. A metodologia adotada perpassa por pesquisas primárias e secundárias, compostas pela pesquisa bibliográfica, documental, jornais, revistas, pesquisa de campo e entrevistas, com a finalidade de melhor analisar esta dinâmica no referido bairro.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 349714 - ADEMIR ARAUJO DA COSTA
Interno - 349682 - EDNA MARIA FURTADO
Presidente - 1149528 - MARCIO MORAES VALENCA
Notícia cadastrada em: 23/02/2011 10:41
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao