Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA PAULA RODRIGUES FEITOSA FRAZÃO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA PAULA RODRIGUES FEITOSA FRAZÃO
DATA : 18/09/2020
HORA: 09:00
LOCAL: BANCA REMOTA meet.google.com/bij-iowb-qzk
TÍTULO:

PROBLEMAS SOCIOAMBIENTAIS NA GRANDE NATAL A PARTIR DAS MUDANÇAS DE USO E COBERTURA DA TERRA (1984 – 2018)


PALAVRAS-CHAVES:

Sensoriamento Remoto, Sistema de Informações Geográfica, Nordeste do Brasil


PÁGINAS: 49
RESUMO:

Desde o início do século XX, o crescimento metropolitano brasileiro tem gerado impactos ambientais e problemas urbanos ligados principalmente à utilização inadequada das terras. Sendo assim, os processos de crescimento não são acompanhados pelo planejamento urbano adequado, gerando uma variada gama de impactos ambientais. O estudo do uso e cobertura da terra e suas dinâmicas, é um tema essencial para o planejamento ambiental  e ordenamento teritorial, por retratar as atividades humanas e sociais que impactam o meio ambiente.  Nesse sentido, as modernas técnicas de análise temporal e a modelagem dinâmica espacial permitem a realização do acompanhamento das modificações espaciais da paisagem e a predição do comportamento desta no futuro. Esta pesquisa busca fazer um diagnóstico das mudanas de uso e cobertura da terra para os anos de 1984 a 2018 da Região Metropolitana de Natal e um prognóstico para os anos de 2030, 2040 e 2050. Foi usado dados landsat para os anos de 1984, 1992, 2000, 2010 e 2018 para elabrar os mapas de uso e cobertura da terra em ambiente de sistema de informação geografica (SIG). Também será feito decetção de mudança e modelagem de cenarios futuros para os anos de 2030, 2040 e 2050, usando o SIG. Os resultados parciais, mostram que houve uma redução da cobertura vegetal 898,01 km²  (-41,3%),  a pastagem é aproximadamente 32% da área mapeada, ocupando uma área total de 1.151 km². As Dunas Inativas, tiveram uma redução de 15% entre 2000 – 2018. Natal e Parnamirim em 2010 sua população é totalmente urbana. Os municípios que tiveram aumento maior que 50% da população rural no período de 1992 - 2010 na RMN, foram: Monte Alegre e Vera Cruz ambas com 56% e Maxaranguape com 63%.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 350698 - VENERANDO EUSTAQUIO AMARO
Interna - 082.925.494-39 - LUCIANA DA COSTA FEITOSA - UFRN
Externa à Instituição - MARIA DE FATIMA ALVES DE MATOS - UFRN
Notícia cadastrada em: 09/09/2020 10:05
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao