Banca de QUALIFICAÇÃO: THEREZA RACHEL RODRIGUES MONTEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THEREZA RACHEL RODRIGUES MONTEIRO
DATA : 28/05/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Geografia
TÍTULO:

COBERTURA DA TERRA A PARTIR DE IMAGENS DE SATÉLITE COMO SUBSÍDIO AO PLANEJAMENTO MUNICIPAL NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO:  UM ESTUDO DE CASO EM SERRA NEGRA DO NORTE-RN


PALAVRAS-CHAVES:

Planejamento municipal, uso e cobertura da terra e Sensoriamento Remoto.


PÁGINAS: 80
RESUMO:

As geotecnologias vêm sendo utilizadas na Geografia Física, e para tanto é necessário compreender como a aplicação de ferramentas de espacialização representam a realidade. Nesse sentido, as técnicas são meios de representação gráfica para estudos ambientais, urbanos, entre outros. O Sensoriamento Remoto juntamente com o processamento digital de imagens são caminhos metodológicos para os processos de espacialização, incluindo o uso e a cobertura da terra como subsídio para o planejamento municipal no semiárido. Dessa forma, o presente estudo tem por objetivo analisar as técnicas de classificação de mapeamento para a cobertura no semiárido. Geralmente, municípios de pequeno porte não possuem base cartográfica que auxilie no planejamento municipal, e isso implica na ausência de informação sobre o uso e a cobertura da terra no semiárido. Diante disso, realizou-se ensaios com as técnicas NDVI e SAVI respectivamente, levando em consideração a sazonalidade climática, no período seco e chuvoso. Nos ensaios realizados nessa pesquisa até o momento, nota-se que os índices de vegetação NDVI e SAVI não conseguem atender a demanda para mapeamento de uso e cobertura da terra no semiárido, em virtude da heterogeneidade de pixels na classificação, ocorrendo a confusão na assinatura espectral em função das classes obtidas em campo. Com isso, propõe a utilização de imagens híbridas, com a junção de imagens de radar Sentinel 1 e imagem multiespectral como a Sentinel 2 A, para a avaliação de textura na imagem e identificação dos alvos para uso e cobertura da terra. Após isso, utilizar-se-á classificação orientada a objetos, pelo método de segmentação para a obtenção do mapeamento de uso e cobertura da terra no semiárido.Para fundamentar essa pesquisa, foram construídos 2 capítulos teóricos, o primeiro versa sobre o Planejamento Municipal e os sistemas de uso de cobertura da terra, o segundo sobre o Sensoriamento Remoto.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149364 - LUIZ ANTONIO CESTARO
Interno - 350698 - VENERANDO EUSTAQUIO AMARO
Externo à Instituição - EDUARDO RODRIGUES VIANA DE LIMA - UFPB
Notícia cadastrada em: 21/05/2018 08:14
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao