Banca de QUALIFICAÇÃO: CHRISTIANO HENRIQUE DA SILVA MARANHAO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CHRISTIANO HENRIQUE DA SILVA MARANHAO
DATA: 19/04/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório "C" do CCHLA
TÍTULO:

Tendências epistemológicas dos estudos geográficos acerca do turismo: uma análise do conhecimento fomentado pelos programas brasileiros de Pós-Graduação stricto sensu em Geografia.


PALAVRAS-CHAVES:

Tendências. Conhecimento científico. Pós-graduação. Geografia. Turismo. 


PÁGINAS: 174
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

O fomento do conhecimento científico vivencia um momento de efervescência. É possível localizar uma infinidade de estudos que revelam novos temas, novas abordagens e novas relações. Identifica-se de igual modo, um crescimento nas ofertas de cursos de pós-graduações, eventos científicos, grupos de pesquisas, parcerias e intercâmbios internacionais, além da criação de periódicos e publicações das mais diversas áreas. Diante deste cenário acadêmico, é vislumbra-se certa disposição e esforço em superar alguns limites que demarcam e engessam algumas disciplinas. Compreende-se que diante de um mundo dinâmico e interconectado, parece ser dissonante manter-se apático à disposição de relacionar-se para além das fronteiras científicas e zonas de conforto disciplinares já demarcadas. Aqui, recorda-se que o caminho percorrido pela Geografia afim de consolidar-se enquanto ciência moderna (Século XIX), foi marcado por conexões e empréstimos do conhecimento de ciências já firmadas. Assim, ao inserir no debate o turismo, visto aqui como um campo de investigação científica, é possível apreender que o mesmo carece de um alicerce epistemológico-conceitual particular, uma vez que seu arcabouço científico ainda não abarca um entendimento e uma aceitação conceitual unânime entre seus pesquisadores. Contudo, por meio do amparo de ciências, como a Geografia, ele acaba credenciando-se como partícipe ativo da conjuntura que ilustra a produção do saber na contemporaneidade. A afinidade entre a Geografia e o turismo se dá por meio da ação pragmática dos deslocamentos espaciais, assistidos por elementos fixos. Observando a presença do elemento “fluxos” e do elemento “materialidades” como elos entre a Geografia e o turismo, e por onde pode surgir uma infinidade de estudos possíveis. Guiando-se por esta ideia, e com o intuito de identificar as inclinações do conhecimento produzido, por meio da relação estabelecida entre a Geografia e o turismo, formula-se como objetivo central desta proposta a seguinte questão: Quais são as tendências epistemológicas presentes nos estudos sobre o turismo, a partir da produção do conhecimento geográfico gerado pelos programas de pós-graduação stricto sensu em Geografia do Brasil? O estudo se classifica como descritivo-exploratório, dotado de um viés qualiquantitativo. Como parâmetro central no momento da construção das análises, será usada a Teoria do espaço geográfico de autoria de Milton Santos. Além disso, também será aplicada a técnica da Análise de conteúdo de Bardin (2004), para algumas demandas especificas. Atesta-se que a proposta deste estudo se dá em função do indispensável avanço e aprimoramento do conhecimento localizado na intersecção do saber geográfico e turístico. Dotando-se de relevância, contextualizar e globalizar o conhecimento gerado entre esses dois campos do saber. Ressalta-se ainda, que o isolamento científico e a desarticulação entre os campos do conhecimento não se revestem de impactos positivos, frente à conjuntura globalizante e sinérgica da realidade. Antes, busca-se trazer para o centro dos debates, a importância da cooperação entre os saberes em busca do avanço do conhecimento, enquanto “patrimônio” humano-científico. Por tudo isso, observa-se a Geografia como uma ciência de dimensões diversas e abrangentes, abrindo possibilidades para estudos de fenômenos que apresentem uma dimensão espacial, e é neste momento que é possível incorporar o enfoque ao turismo, irrigando as reflexões e ideias geográficas, e ampliando novos campos de aplicação de estudos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1486670 - CELSO DONIZETE LOCATEL
Presidente - 2346233 - FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
Externo à Instituição - HÉLSIO AMIRO MOTANY DE ALBUQUERQUE AZEVEDO - UEM
Externo ao Programa - 2806096 - WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
Notícia cadastrada em: 08/04/2015 09:38
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao