Banca de QUALIFICAÇÃO: WANESSA DJANIS DE QUEIROZ SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WANESSA DJANIS DE QUEIROZ SANTOS
DATA: 06/04/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório "A" do CCHLA
TÍTULO:

A INFLUÊNCIA DOS ELEMENTOS CLIMÁTICOS NA INCIDÊNCIA DE DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EM CRIANÇAS MENORES DE CINCO ANOS, NOS MUNICÍPIOS SERRANOS DE MARTINS-RN E PORTALEGRE-RN, UMA ANÁLISE A PARTIR DE GTP (GEOSSISTEMA, TERRITÓRIO E PAISAGEM).


PALAVRAS-CHAVES:

Doenças respiratórias. Clima. Municípios Serranos.


PÁGINAS: 74
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

A proposta de interligar as questões da saúde humana e os fenômenos naturais busca entender as formações e transformações climáticas globais e sua possível intervenção no cotidiano da vida e no comportamento humano. O clima influência na saúde humana tanto na fisiologia com a manifestação de doenças, quanto a partir das condições do meio garantir a fluidez de padrões de distribuição de antigas e novas doenças. O presente estudo objetiva analisar a distribuição dos casos alérgicos e asmáticos das crianças menores de cinco anos correlacionados aos fatores climáticos e meteorológicos da região Serrana de Martins-RN e Portalegre-RN, identificando como a ação dos elementos climáticos atuantes (vigentes) nos municípios se difere dos verificados nas regiões do seu entorno e sua relação com a incidência de doenças do sistema respiratório. Os municípios serranos que compõem o maciços de Martins-RN e Portalegre-RN, apesar de apresentarem um conjunto paisagístico condizente com as demais serras secas do nordeste, caracterizam-se por um contexto ambiental onde o aporte pluviométrico (1.200 mm/a em média), em conjunto com as características do capeamento sedimentar no topo da serra, assim como uma vegetação mais densa permitem uma acumulação contínua de umidade no ar, além de apresentar índices expressivos de baixa temperatura, aos quais é um dos fatores responsáveis pelo número de casos de doenças respiratórias e alérgicas na região. Como procedimentos metodológicos utilizaremos para a caracterização climática dos municípios pesquisados, dos quais abrangem Martins-RN, Portalegre-RN, Francisco Dantas-RN, Umarizal-RN e Serrinha dos Pintos-RN, coleta de dados dos elementos climáticos diários de umidade e temperatura, além dos dados semanais de pluviometria. Por trabalharmos com uma análise das variações climáticas e da incidência de reincidência dos casos alérgicos e respiratórios a coleta se restringirá a duração de tempo de um ano. A analise do número de casos ocorridos durante um período sazonal para as doenças relacionadas à atmosfera, considerando as consultas e internações, assim como acompanhamento de tratamento de crises alérgicas, discriminado de acordo com as estações do ano, destacando-se principalmente no período de inverno, ao qual destaca-se pelo aumento da umidade do ar e a concentração de frio no maciço serrano. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1486670 - CELSO DONIZETE LOCATEL
Presidente - 1692459 - ERMINIO FERNANDES
Interno - 1149364 - LUIZ ANTONIO CESTARO
Notícia cadastrada em: 27/03/2015 09:03
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao