Banca de QUALIFICAÇÃO: GEOVANE DE SOUZA ALMEIDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GEOVANE DE SOUZA ALMEIDA
DATA: 31/03/2014
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do Departamento de Geografia
TÍTULO:

A URBANIZAÇÃO CONTEMPORÂNEA NA CIDADE DO NATAL-RN E AS NOVAS PRÁTICAS ESPACIAIS: Reestruturações de um sistema de engenharia e os seus respectivos impactos no Território usado.


PALAVRAS-CHAVES:

Urbanização, urbanidade, prática espacial, sistema de engenharia, território usado, Corpo-indivíduo, contra-racionalidade.


PÁGINAS: 77
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

O processo de urbanização e crescimento da cidade de Natal, nas últimas duas décadas, vem se realizando de forma muito acelerada, devido às transformações ocorridas nas relações de trabalho no meio urbano e a forma global de expansão do modo de produção em vários setores e atividades. Em Natal, a concentração da população na área urbana dá-se por falta de trabalho e de condições de sobrevivência nas regiões rurais, esse crescimento provoca vários tipos de problemas devido às consequências do crescimento desordenado e descontrolado da cidade. Entre tais problemas podemos observar a fragilidade dos sistemas de engenharia, falta de infraestrutura, entre outras problemáticas que podem ser observadas atualmente em Natal, provocando uma série de impactos nos territórios usados e acarretando em novas práticas espaciais dos indivíduos e outros usos dos territórios.  Sendo assim, A pesquisa tem objetivo de problematizar e melhor entender os processos de urbanização de Natal (RN) nos últimos 20 anos relacionados as reestruturações de um sistema de engenharia enquanto gerador de impactos que configuram novas práticas espaciais e outros usos do território. Uma urbanização de fortes influências globais que vem se processando em Natal (RN), nos últimos 20 anos e que está relacionada á restruturações e implementação de um sistema de engenharia que articula, diferencia, fragmenta e especializa o tecido urbano. Nesse processo, destaca-se a Avenida Engenheiro Roberto Freire que é exemplo material de inúmeras restruturações e reurbanizações ao longo de sua história. A pesquisa busca melhor compreender a rodovia estadual (RN-063) como um referente desse processo, na medida em que se institui como um objeto que expressa a produção de muitas práticas espaciais denotadoras de uma urbanidade heterogênea, que inclui diferentes interesses e ações dos indivíduos. Para maior aprimoramento e coesão da pesquisa será imprescindível o aprofundamento metodológico com base teórica assentada nos conceitos de pesquisa de campo, identificando o que será tratado empiricamente para dá conta da discussão teórica; utilização de instrumentos de pesquisa de aferição de dados primários; e demais dados a serem coletados e cartografias necessárias, para doravante evidenciar um avanço no estágio de reflexão/escrita e para articular cada capítulo com as questões levantadas e os objetivos definidos. Nesse sentido, a direção tomada nesse estudo volta-se à compreensão dessas práticas espaciais, nesse cenário urbano, envolvendo a problematização de aspectos relacionados ao planejamento, a relação corpo-indivíduo-território usado e a evidenciação de cenários de urbanidade e contra-racionalidades, mediante aos impactos da urbanização e das restruturações e reurbanizações do sistema de engenharia.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6350736 - EUGENIA MARIA DANTAS
Interno - 350836 - IONE RODRIGUES DINIZ MORAIS
Externo ao Programa - 393068 - MIRIAM HERMI ZAAR
Notícia cadastrada em: 19/03/2014 09:06
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao