Banca de DEFESA: NELSON MARIA ROSÁRIO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NELSON MARIA ROSÁRIO
DATA: 24/01/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Geografia
TÍTULO:

Desenvolvimento Territorial e a Política Nacional de Água em Moçambique: caso do distrito de Chibuto


PALAVRAS-CHAVES:

Desenvolvimento territorial; Índice Territorial de Desenvolvimento Humano; Política Nacional de Água; Chibuto.


PÁGINAS: 149
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

O desenvolvimento tem sido um fenómeno em constante discussão na atualidade, cuja importância fundamental deveria ser a promoção do bem estar da humanidade. Assim, o desenvolvimento passa a ser um elemento que agrega valores políticos, econômicos, social e ambiental. Em Moçambique o modelo de desenvolvimento adotado pelo Estado prioriza a dimensão econômica, privilegiando neste caso o crescimento da estrutura produtiva capitalista. Assim sendo, as condições básicas para a sobrevivência humana deixa ainda muito a desejar e a população moçambicana, em geral, e do distrito de Chibuto, em particular, continuam a enfrentar várias dificuldades para ter acesso a tais condições, sendo a escassez de água potável um dos problemas que mais aflige essa população. A água foi sempre um fator vinculado ao desenvolvimento socioeconômico dos povos, onde as grandes civilizações e os grandes marcos econômicos foram sempre influenciados pela disponibilidade de água, e hoje em dia esse recurso está presente em todos os setores de produção. Em Moçambique muito esforço tem sido feito pelo governo, pelas organizações nacionais e internacionais visando ampliar e garantir o abastecimento de água potável, e apesar de todo esse esforço, a maior parte da população ainda não tem acesso a esse precioso recurso. Neste sentido, o trabalho traz uma análise dos reflexos da Política Nacional de Água na área de estudo, analisa a escassez de água potável no Distrito de Chibuto e discute a concepção de desenvolvimento contido no discurso oficial do Estado, contrapondo com a ideia de desenvolvimento humano. Para tal são abordados temas que ajudam a compreender o fenómeno em estudo, tais como território, políticas públicas e crítica a concepção hegemônica de desenvolvimento. Para viabilizar a abordagem pretendida, realizou-se uma caracterização do Distrito de Chibuto, abordando a questão da pobreza, fazendo uma breve discussão sobre este conceito, a partir das diferentes abordagens, além de analisar o impacto do PARPA (Plano de Ação para Redução da Pobreza Absoluta) no combate da pobreza em Moçambique e, fez-se uma descrição do cenário da pobreza e vulnerabilidade no distrito de Chibuto com a construção do Índice Territorial de Desenvolvimento Humano. Também a pesquisa traz uma discussão sobre território e tecnificação, descreve o senário do sistema de abastecimento de água no Distrito e olha para a dinâmica territorial de Chibuto, a partir na análise e descrição das estruturas existentes e outros objetos técnicos que estruturam o território em estudo. Assim, constatou-se que o desenvolvimento deve-se resumir na satisfação das necessidades humanas, devendo ser o pilar principal do novo tipo de desenvolvimento que se pretende, com a finalidade de desencadear, com urgência, ações com vista a superar ou combater a desoladora miséria que sofre a maior parte dos habitantes do Distrito de Chibuto.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1486670 - CELSO DONIZETE LOCATEL
Interno - 2346233 - FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
Externo à Instituição - EVANEIDE MARIA DE MELO - IFRN
Notícia cadastrada em: 20/01/2014 09:44
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao