Banca de QUALIFICAÇÃO: MONISE GLEYCE DE ARAUJO PONTES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MONISE GLEYCE DE ARAUJO PONTES
DATA : 13/03/2019
HORA: 19:00
LOCAL: Bloco 1 da FACISA
TÍTULO:

MOVIMENTOS DE MULHERES: COLETIVO FEMINISTA COMO INSTRUMENTO DE REFLEXÃO E MOBILIZAÇÃO UNIVERSITÁRIA E SOCIAL


PALAVRAS-CHAVES:

Movimento social de mulheres. Feminismo. Autonomia feminina.


PÁGINAS: 39
RESUMO:

INTRODUÇÃO: A dinâmica de perspectiva de gênero tem se transformado ao longo do último século e alcançado melhores resultados, entretanto, ainda tem se apresentado de forma desigual sob diversos contextos sociais, culturais e econômicos na maior parte das sociedades. Tais iniquidades só puderam ser abrandadas devido a incansável luta dos movimentos sociais e feministas no processo histórico, o que culminou na presença desta população nos espaços acadêmicos nas últimas décadas. com a crescente presença da mulher no ambiente acadêmico, entendemos que a universidade se compõe como um espaço que pode reforçar ou questionar relações desiguais. OBJETIVO: Apreender o significado do Movimento para as mulheres que fazem parte de um Coletivo Feminista dentro de uma Universidade Federal do interior do Rio Grande do Norte. PERCURSO METODOLÓGICO: Trata-se de um estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa, a ser desenvolvido na Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA) com as discentes dos cursos de graduação que participam regularmente do Coletivo Feminista Dandara.  A pesquisa se dará em 2 etapas para a coleta de dados, que iniciará com um questionário socioeconômico autoaplicável e posteriormente com a criação e execução de grupos focais, compostos por até 6 alunas e durarão de 30 a 50 minutos. Para a fase de tratamento dos dados, este estudo utilizará a Análise de Conteúdo conforme a proposta de Laurence Bardin. RESULTADOS ESPERADOS: resultados provenientes deste estudo poderão trazer benefícios para uma nova dinâmica de relações mais harmoniosas, na minimização da problemática que permeia as questões sociais do gênero feminino, além de sua relevante contribuição para o preenchimento das lacunas existentes sobre o tema pesquisado. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Acredita-se que ao atingir-se o objetivo proposto, serão providas contribuições necessárias para a construção de relações menos desiguais no contexto social, com o intuito de provocar um novo olhar para essa temática, que configure um direcionamento maior de no que concerne aos direitos e autonomia da mulher.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2132107 - NUBIA MARIA FREIRE VIEIRA LIMA
Interna - 1231563 - ANA KALLINY DE SOUSA SEVERO
Externo à Instituição - GIGLIOLA MARCOS BERNARDO DE LIMA - UFCG
Notícia cadastrada em: 12/03/2019 08:16
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao