Banca de DEFESA: FELIPE DA SILVA MOREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FELIPE DA SILVA MOREIRA
DATA : 28/04/2017
HORA: 10:00
LOCAL: NEPSA II
TÍTULO:

QUALIDADE E HONORÁRIOS DE AUDITORIA: UM ESTUDO NAS COMPANHIAS DA BM&FBOVESPA


PALAVRAS-CHAVES:

Honorários de Auditoria; Qualidade de Auditoria; Gerenciamento de Resultados.


PÁGINAS: 143
RESUMO:

O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma análise da influência da qualidade da auditoria, a partir do gerenciamento de resultados, sobre os honorários cobrados pelos auditores independentes no Brasil. Durante a última década, os trabalhos sobre os honorários de auditoria ganharam relevância no cenário brasileiro a partir da divulgação dos montantes pagos aos auditores independentes, haja vista que a obrigatoriedade de tais informações só se deu a partir de 2009 por meio da Instrução CVM nº 480/2009 da Comissão de Valores Mobiliários. Nesse contexto, a discussão sobre a remuneração dos auditores se intensifica ao perceber o market-share das empresas Big Four. Por outro lado, também se discute a qualidade dos serviços prestados pelas grandes firmas, principalmente em eventos de fraudes financeiras ou por procedimentos inadequados das empresas de auditoria, como por exemplo, emissão de opinião sem a finalização dos papéis de trabalho, o que pode revelar um critério falho de estudos ao determinar a qualidade de auditoria apenas em função de ser ou não uma big four. A partir da realidade encontrada, a presente pesquisa busca contribuir com uma análise sobre a relação de custo x benefício dos serviços, monitoramento das políticas de preços das empresas de auditoria, além de possibilitar também que as firmas de auditoria verifiquem o montante de honorários cobrados em função da qualidade do serviço a ser prestado, auxiliando-as em negociações e manutenção de clientes. De modo a atingir este objetivo, a pesquisa utiliza dados das companhias abertas brasileiras não financeiras listadas na BM&FBovespa no período de 2010 a 2015. A coleta de dados se deu por meio do Bloomberg® e Formulários de Referência, que após tabulação, são submetidos em modelos de regressão com dados em painel. As principais variáveis de análise compreendem os honorários de auditoria independente (variável dependente) e qualidade da auditoria (variável de interesse), esta obtida através do modelo KS (1995) de gerenciamento de resultados por accruals discricionários. Os principais resultados revelam que não é possível inferir relação estatística entre os honorários de auditoria e a qualidade dos serviços, entretanto demonstram que uma análise do tamanho e do risco da empresa auditada são relacionados positivamente com os honorários, assim como o fato da empresa ser uma Big Four.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2610882 - DIOGO HENRIQUE SILVA DE LIMA
Interno - 119.581.188-85 - EDILSON PAULO - UFPB
Externo à Instituição - JOSÉ ALVES DANTAS - UnB
Notícia cadastrada em: 18/04/2017 10:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao