Banca de QUALIFICAÇÃO: RAFAEL FERREIRA TOLEDO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RAFAEL FERREIRA TOLEDO
DATA : 19/12/2017
HORA: 13:30
LOCAL: Auditório 1 do DIMAp
TÍTULO:

Mecanimos de Recuperação Baseados em Reescrita para Composições de Serviços Web


PALAVRAS-CHAVES:

Recuperação de Falhas, Serviços Web, Reescrita de Composições de Serviços.


PÁGINAS: 46
RESUMO:
Como qualquer sistema distribuído, as composições de serviços Web estão expostas a uma grande variedade de falhas. Os serviços componentes localizados remotamente podem representar potenciais problemas devido aos meios de conexão necessários para a comunicação ou devido às mudanças implementadas pelos respectivos fornecedores durante as atualizações do sistema. Esses problemas representam eventos imprevisíveis que comprometem a correção e a disponibilidade da composição do serviços. A capacidade de lidar com as falhas e manter o sistema distribuído disponível afeta diretamente a confiabilidade do sistema. A substituição de componentes indisponíveis, por serviços equivalentes, pode ser considerada como uma solução víavel para completar corretamente a especificação do sistema distribuído. Convenientemente, o processo de refinamento executado durante o desenvolvimento considera a correção e a integridade ao procurar composições concretas que traduzem a especificação do sistema fornecido pelo usuário. Portanto, o objetivo deste trabalho propor o desenvolvimento de mecanismos de recuperação de falhas baseados no processo de reescrita para a composição do serviço da Web. A substituição de componentes falhados o princípio das estratégias de recuperação e as técnicas de reescrita adaptadas devem orientar o fornecimento de candidatos disponíveis válidos para as substituições. Níveis de recuperação são considerados para definir a substituição de diferentes partes da composição a fim de melhorar a capacidade dos mecanismos de recuperação. São propostos três níveis: (i) recuperação local, (ii) recuperação parcial e (iii) recuperação total. Inicialmente, o mecanismo de recuperação local apenas considera a substituição do componente falho. Se a recuperação nã for bem sucedida devido a falta de candidatos compatíveis com o resto da composição, a recuperação parcial considerada para substituir todos os componentes que não foram executados antes da falha. Se o problema persistir, o mecanismo de recuperação tentará encontrar uma composição concreta inteiramente nova para executar o processo, considerando assim o nível total de recuperação. A sugestão de novos componentes segue a ordem definida pela preferência do usuário para a execução de cada serviço Web disponível. Esse recurso herdado dos processos de reescrita automática que incluem a preferência do usuário em sua computação. Os resultados deste trabalho permitem a análise da eficiência desses mecanismos de recuperação e de seus níveis de recuperação em cenários distintos de falhas em composições de serviços da Web.

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1495704 - UMBERTO SOUZA DA COSTA
Interno - 1221251 - MARTIN ALEJANDRO MUSICANTE
Externo à Instituição - GENOVEVA VARGAS-SOLAR - CNRS
Notícia cadastrada em: 15/12/2017 15:00
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao