Banca de QUALIFICAÇÃO: EDUARDO ALEXANDRE FERREIRA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EDUARDO ALEXANDRE FERREIRA SILVA
DATA : 20/12/2017
HORA: 09:00
LOCAL: B321 - IMD
TÍTULO:

Desenvolvimento de Arquitetura de Sistemas-de-Sistemas Orientada à Missões


PALAVRAS-CHAVES:

Sistemas-de-Sistemas

Missões

Arquitetura de Software

Formalização

MDD


PÁGINAS: 80
RESUMO:

Missões representam uma preocupação fundamental no desenvolvimento de sistemas de sistemas (SoS) uma vez que podem estar relacionadas tanto com as capacidades dos sistemas constituintes quanto as interações entre
esses sistemas que contribuem para a realização dos objetivos globais dos SoS. Por este
motivo, os modelos de missão são pontos de partida promissores para o processo de desenvolvimento SoS
e eles podem ser usados como base para a especificação e validação da arquitetura de SoS. Especificar e validar modelos arquitetônicos para SoS são tarefas difíceis comparadas com sistemas usuais, uma vez que a complexidade interna deste tipo de sistemas depende especialmente dos
comportamentos emergentes, ou seja, características que emergem da cooperação entre os constituintes
partes dos SoS que muitas vezes não podem ser previstas com precisão. Este trabalho aborda a relação sinérgica entre a missão e os modelos arquitetônicos, dando uma atenção ao comportamento emergente que surge para uma determinada configuração do SoS. Propomos uma abordagem de desenvolvimento para modelagem arquitetônica de SoS, centrada nos  chamados modelos de missão. Nesta proposta, o modelo de missão é usado tanto para derivar quanto para validar arquiteturas da SoS. Em um primeiro momento, geramos a definição estrutural da
arquitetura usando transformação entre modelos. Mais tarde, como o arquiteto especifica o comportamento
de aspectos do sistema, ele será validado usando uma abordagem composta que inclui Verificação de propriedades e validação manual através de simulação. A validação destina-se especialmente aos comportamentos emergentes, mas pode ser estendido a qualquer aspecto da arquitetura.
A validação do modelo de missão através da simulação também permite que o arquiteto identifique
comportamentos indesejáveis imprevistos. Além disso, a simulação pode ser usada para melhorar
o modelo de missão, orientar a evolução, identificar novos requisitos e / ou missões, etc.
A ferramenta que implementa toda a abordagem também é proposta, integrando ferramentas existentes para
os mecanismos envolvidos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1213777 - THAIS VASCONCELOS BATISTA
Interno - 1639701 - MARCEL VINICIUS MEDEIROS OLIVEIRA
Externo à Instituição - ELISA YUMI NAKAGAWA - USP
Externo à Instituição - FLAVIO OQUENDO - UBS
Notícia cadastrada em: 06/12/2017 09:09
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao