Banca de QUALIFICAÇÃO: FRANCISCO GENIVAN SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCISCO GENIVAN SILVA
DATA : 01/12/2017
HORA: 13:00
LOCAL: Auditório B321 do IMD
TÍTULO:

Uma Abordagem de Mineração de Processos Educacionais para Análise de Comportamento em Videoaulas


PALAVRAS-CHAVES:

videoaulas, avaliação, comportamento, Mineração de Processos


PÁGINAS: 70
RESUMO:

A Educação a Distância e o uso de sistemas e-learning contribuem para a grande
geração de dados educacionais. Diante disso, a utilização de banco de dados e o
armazenamento de logs de execução possibilitam que os dados fiquem mais facilmente
acessíveis e propícios para investigação dos processos educacionais. Metodologias de extração
automática de informações úteis a partir de grandes volumes de dados, em especial a
Mineração de Dados, têm contribuído expressivamente para melhorias no campo da
educação. Entretanto, a maioria dos métodos tradicionais está centrada unicamente nos dados
ou em como eles são estruturados, não havendo preocupação maior com o processo
educacional como um todo. Além disso, pouca atenção tem sido dada a dados do
comportamento dos estudantes durante o uso de recursos e mídias educacionais. As
videoaulas têm sido utilizadas como parte significativa de diversos cursos ofertados,
demonstrando que a cultura do vídeo está cada vez mais disseminada e que faz parte do
cotidiano dos estudantes. Diante disso, compreendemos, pois, que analisar o comportamento
dos estudantes durante a execução dos vídeos pode contribuir para uma avaliação mais
precisa da qualidade dos assuntos abordados e da forma como foram trabalhados. Deste
modo, este trabalho de mestrado se constituiu da realização de estudos conduzidos de modo a
investigar o modo como estudantes se comportam durante o uso das videoaulas para propor
uma abordagem de avaliação deste recurso. A avaliação das videoaulas se dá por meio de um
processo que envolve extração de informações de arquivos de log e modelagem de ações
através da mineração de processos. Os resultados iniciais demonstram que o número de
visualizações, o tempo gasto e o tempo de abandono do vídeo são variáveis que possuem
grande capacidade de oferecer informações úteis sobre a aprendizagem dos alunos. Isto
demonstra que avaliar o recurso educacional através da análise de suas ações pode contribuir
substancialmente na área educacional, beneficiando o tratamento de questões como a
identificação de gargalos no processo de aprendizagem e a antecipação de problemas,
principalmente na educação a distância. Os resultados obtidos durante os primeiros estudos
com o uso da Mineração de Processos em dados experimentais proporcionaram maior clareza
acerca do comportamento dos alunos durante as videoaulas, dando o direcionamento
necessário para as ações a serem tomadas por professores ou produtores de conteúdo. Em
vista disso, o trabalho traz contribuições para a melhoria de aspectos chave das videoaulas a
partir de uma abordagem multidisciplinar, ajudando diretamente educadores e gestores a
promoverem uma formação educacional mais completa baseada em recursos com melhor
qualidade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1671962 - EDUARDO HENRIQUE DA SILVA ARANHA
Externo ao Programa - 2245086 - ISABEL DILLMANN NUNES
Externo à Instituição - FABIANO AZEVEDO DORÇA - UFU
Notícia cadastrada em: 30/11/2017 10:02
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao