Banca de DEFESA: FABIANA PEREIRA DE LIMA MELO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FABIANA PEREIRA DE LIMA MELO
DATA: 31/08/2012
HORA: 15:00
LOCAL: SALA DE AULA DO PRÉDIO DO LARHISA/PPgES
TÍTULO:

SIMULAÇÃO DO SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO (SES) DE PONTA NEGRA - NATAL: MITIGAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS E ESTRATÉGIA DE MANUTENÇÃO PREDITIVA


PALAVRAS-CHAVES:

Sistema elevatório; esgoto; manutenção preditiva.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
RESUMO:

A Simulação do SES Ponta Negra- Natal: mitigação dos riscos ambientais e estratégia de manutenção preditiva foi desenvolvido no contexto de diversas irregularidades operacionais nas estações elevatórias e redes coletoras de esgoto no sistema de Ponta Negra. Com isso, os riscos ambientais e as denuncias contra a empresa de saneamento devido aos extravasamentos de esgotos em via pública se tornaram comuns. Esse bairro vem apresentando nos últimos anos um aumento populacional muito maior do que a expectativa inicial de crescimento. Nesse sentido, supõe-se o grande crescimento populacional e de geração de esgotos acima do esperado, atrelado à utilização de manutenção corretiva e o mau uso do sistema podem ser as principais causas das falhas operacionais ocorridas neste SES. Esse estudo teve por objetivo analisar o comportamento hidráulico do SES de Ponta Negra a partir da simulação numérica do seu funcionamento associados à cenários futuros de ocupação. O SES Ponta Negra apresenta vários quilômetros de redes coletoras e 6 estações elevatórias interligadas, sendo a EE 1, 2, 4, Via Costeira e Praia Shopping interligadas a EE3, qual recebe todos os efluentes bombeados e bombeia para a estação de tratamento de esgotos do bairro a qual é constituída de uma lagoa facultativa seguida de 3 lagoas de maturação com disposição dos efluentes tratados em valas de infiltração. Por serem interligadas entre si, o estudo foi realizado considerando os dias e horas de maior vazão afluente para todas as elevatórias, com o auxilio dos funcionários da empresa de saneamento. Além disso, a fim de mensurar as falhas nas redes coletoras foram realizados levantamento dos dados de obstruções nessas redes. O levantamento e coleta de dados físicos e operacionais foram realizados entre janeiro/2011 e janeiro/2012. A simulação do SES foi desenvolvida, a fim de nos mostrar como esse está funcionando atualmente, e como irá funcionar nos próximos anos, com base na estimativa populacional e de vazão de esgotos. Os dados coletados representam o quadro da atual das estações elevatórias do SES Ponta Negra e alimentaram o modelo numérico desenvolvido em planilha eletrônica MS Excel® que permitiu simular o comportamento do SES em cenários futuros. Os resultados obtidos neste estudo mostram que a elevatória Praia Shopping já está subdimensionada e apresenta falhas graves de funcionamento que prejudicam os aspectos ambientais da área onde está inserida. As demais elevatórias do sistema atingirão sua capacidade máxima segura de bombeamento entre os anos de 2013 e 2015, embora a EE 1 e EE 3 tenham a capacidade de operar, ainda que de forma muito precária, até o ano de 2017. Além disso, observou-se que o mau uso do sistema, com introdução de lixo e água de chuva na rede coletora, são fatores determinantes para as falhas que ocorrem no SES. E por fim, constatou-se que a utilização de manutenção corretiva, em vez da preditiva, nessas elevatórias tem se mostrado altamente ineficiente causando graves falhas no sistema, gerando com isso danos ao meio ambiente e riscos sanitários aos clientes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1242829 - LUCIO FLAVIO FERREIRA MOREIRA
Interno - 1354593 - ANTONIO MAROZZI RIGHETTO
Externo à Instituição - TARCISO CABRAL DA SILVA - UFPB
Notícia cadastrada em: 27/08/2012 14:40
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao