Banca de QUALIFICAÇÃO: DENNER SANTIAGO DE SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DENNER SANTIAGO DE SOUSA
DATA : 20/03/2020
HORA: 10:00
LOCAL: Sala 212 do CTEC/UFRN - Auditório da CCEA
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DO IMPACTO DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS NA DISPONIBILIDADE HÍDRICA EM UMA BACIA HIDROGRÁFICA DO SEMIÁRIDO


PALAVRAS-CHAVES:

Recursos Hídricos. Desempenho de reservatório. Teste de Mann-Kendall. Q90.


PÁGINAS: 29
RESUMO:

As mudanças climáticas e o aumento do efeito estufa devem causar modificações nos processos hidrológicos a partir da alteração dos padrões de evapotranspiração e precipitação. No entanto, na engenharia de recursos hídricos, tradicionalmente se assume o princípio de estacionariedade, ou seja, de que a variabilidade do passado se repetirá no futuro, o que pode não se sustentar em um cenário de mudanças climáticas. Os estudos de mudanças climáticas e recursos hídricos têm duas abordagens mais recorrentes: a simulação climática e a análise de tendência de séries históricas. As simulações climáticas podem divergir para um mesmo espaço geográfico a depender da metodologia e cenários adotados, porém, existem regiões do globo em que há convergência: como é o caso do semiárido em que há a expectativa do aumento da evapotranspiração e da frequência e intensidade de secas. Esses cenários futuros de aumento da evapotranspiração, mesmo com a incerteza quanto a variabilidade da precipitação, podem resultar em impactos significativos nas disponibilidades hídricas da região que naturalmente já apresenta elevado déficit hídrico. A análise de tendência investiga a estacionariedade da série; em caso de não estacionaridade, busca-se a existência de tendências ou saltos. Desse modo, o objetivo deste trabalho é avaliar o impacto das mudanças climáticas na disponibilidade hídrica da região semiárida do Nordeste Brasileiro, sendo o estudo constituído por duas etapas: i) análise de tendência das séries de evapotranspiração e ii) avaliação do desempenho de reservatórios a partir dos resultados de cenários de mudanças climáticas. Para avaliar a condição de estacionariedade nas séries histórica de evapotranspiração, o estudo utilizará testes estatísticos não-paramétricos: os testes de Mann-Kendall e Mann-Kendall Modificado, a declividade de Sen e o teste de Pettit. Com intuito de analisar o impacto das mudanças climáticas na disponibilidade hídrica no semiárido, serão avaliados 264 cenários a partir das variações de magnitude de precipitação, evapotranspiração e vazão afluente nos reservatórios de Boqueirão de Parelhas, Cruzeta, Dourado, Passagem das Traíras e Marechal Dutra. O desempenho dos reservatórios será avaliado quanto a Q90 e os indicadores de desempenho de confiabilidade, vulnerabilidade e resiliência.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1759777 - ADELENA GONCALVES MAIA
Presidente - 2190974 - JOANA DARC FREIRE DE MEDEIROS
Externo ao Programa - 2411669 - JONATHAN MOTA DA SILVA
Interna - 1764855 - VANESSA BECKER
Notícia cadastrada em: 12/03/2020 11:48
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao