Banca de QUALIFICAÇÃO: GLAUBER DA ROCHA MEDEIROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GLAUBER DA ROCHA MEDEIROS
DATA : 23/05/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 212 do CTEC/UFRN - Auditório da Eng. Ambiental
TÍTULO:

ADSORÇÃO DE DICLOFENACO SÓDICO POR ÓXIDO DE GRAFENO E CARVÃO ATIVADO GRANULADO


PALAVRAS-CHAVES:

Micropoluentes. Adsorção. Nanopartículas. Óxido de Grafeno. Carvão Ativado Granulado.


PÁGINAS: 16
RESUMO:

Estudos recentes desenvolvidos em diferentes países revelam a presença de fármacos em corpos aquáticos. Dentre os principais fármacos detectados, o anti-inflamatório diclofenaco sódico (DS) possui maior eco toxicidade. Em 2013, embora ainda não estivessem esclarecidos os efeitos decorrentes dessas substâncias, o DS foi incluído na lista de substâncias potencialmente perigosas da Diretiva 39/2013 da União Europeia. Por outro lado, as tecnologias atualmente implantadas em unidades de tratamento de água não contemplam e nem foram projetadas para a remoção de micropoluentes.  A remoção de fármacos tem sido avaliada através dos processos de ozonização catalítica, oxidação fotocatalítica, nanofiltração e ultrafiltração. No entanto, essas tecnologias apresentam elevada complexidade tecnológica e resultam em elevados custos de implantação e operação. Neste sentido, a   adsorção surge como uma alternativa técnica promissora, pela possibilidade de recuperação do material adsorvente e capacidade de não geração de subprodutos. No presente estudo pretende-se avaliar comparativamente a adsorção de DS por óxido de grafeno (OG) e carvão ativado granulado (CAG) de endocarpo de coco. Os materiais adsorventes serão submetidos a ensaios de caracterização química, estrutural e morfológica, por difração de raios-X, espectroscopia de infravermelho por transformada de Fourier e refletância total atenuada, microscopia eletrônica de transmissão e espectroscopia de raios-X de dispersão de elétrons e microscopia eletrônica de varredura por emissão de campo de alta resolução. A eficiência de remoção de DS por adsorção será analisada através de ensaios estáticos em escala de bancada, onde serão avaliadas a influência da variação de diferentes concentrações de DS, e tempos de contato em leito vazio com os adsorventes. A partir dos resultados obtidos experimentalmente serão elaboradas isotermas de Langmuir e Freundlich, bem como modelos cinéticos de pseudo-primeira ordem, pseudo-segunda ordem e difusão intra-partícula. Os modelos matemáticos que apresentarem dados teóricos mais adequados aos experimentais, descreverão o processo de adsorção do DS por OG e CAG.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3919045 - JULIANA DELGADO TINOCO
Externo ao Programa - 2941160 - JOSE HERIBERTO OLIVEIRA DO NASCIMENTO
Externo ao Programa - 2550052 - PAULO EDUARDO VIEIRA CUNHA
Externo à Instituição - MARCO ANTÔNIO CALAZANS DUARTE - IFRN
Notícia cadastrada em: 17/05/2019 14:36
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao