Banca de QUALIFICAÇÃO: GLAUBER DA ROCHA MEDEIROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GLAUBER DA ROCHA MEDEIROS
DATA : 23/05/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 212 do CTEC/UFRN - Auditório da Eng. Ambiental
TÍTULO:

ADSORÇÃO DE DICLOFENACO SÓDICO POR ÓXIDO DE GRAFENO E CARVÃO ATIVADO GRANULADO


PALAVRAS-CHAVES:

Micropoluentes. Adsorção. Nanopartículas. Óxido de Grafeno. Carvão Ativado Granulado.


PÁGINAS: 16
RESUMO:

Estudos recentes desenvolvidos em diferentes países revelam a presença de fármacos em corpos aquáticos. Dentre os principais fármacos detectados, o anti-inflamatório diclofenaco sódico (DS) possui maior eco toxicidade. Em 2013, embora ainda não estivessem esclarecidos os efeitos decorrentes dessas substâncias, DS foi incluído na lista de substâncias potencialmente perigosas da Diretiva 39/2013 da União Europeia. Por outro lado, as tecnologias atualmente implantadas em unidades de tratamento de água não contemplam e nem foram projetadas para a remoção de micropoluentes.  A remoção de fármacos tem sido avaliada através dos processos de ozonização catalítica, oxidação fotocatalítica, nanofiltração e ultrafiltração. No entanto, essas tecnologias apresentam elevada complexidade tecnológica e resultam em elevados custos de implantação e operação. Neste sentido, a   adsorção surge como uma alternativa técnica promissora, pela possibilidade de recuperação do material adsorvente e capacidade de não geração de subprodutos. No presente estudo pretende-se avaliar comparativamente a adsorção de DS por óxido de grafeno e carvão ativado granulado de endocarpo de coco. Os materiais adsorventes serão submetidos a ensaios de caracterização química, estrutural e morfológica, por difração de raios-X, espectroscopia de infravermelho por transformada de Fourier e refletância total atenuada, microscopia eletrônica de transmissão e espectroscopia de raios-X de dispersão de elétrons e microscopia eletrônica de varredura por emissão de campo de alta resolução. A eficiência de remoção de DS por adsorção será analisada através de ensaios estáticos em escala de bancada, onde serão avaliadas a influência da variação de diferentes concentrações de DS, e tempos de contato em leito vazio com os adsorventes. A partir dos resultados obtidos experimentalmente serão elaboradas isotermas de Langmuir e Freundlich, bem como modelos cinéticos de pseudo-primeira ordem, pseudo-segunda ordem e difusão intra-partícula. Os modelos matemáticos que apresentarem dados teóricos mais adequados aos experimentais, descreverão o processo de adsorção do DS por OG e CAG.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2941160 - JOSE HERIBERTO OLIVEIRA DO NASCIMENTO
Presidente - 3919045 - JULIANA DELGADO TINOCO
Externo à Instituição - MARCO ANTÔNIO CALAZANS DUARTE - IFRN
Externo ao Programa - 2550052 - PAULO EDUARDO VIEIRA CUNHA
Notícia cadastrada em: 13/05/2019 15:39
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao