Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDA MONICELLI CAMARA BRITO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FERNANDA MONICELLI CAMARA BRITO
DATA : 29/04/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Videoconferência 03 (SINFO/UFRN)
TÍTULO: POTENCIAL DE ADSORÇÃO DE FÓSFORO POR MATERIAIS ADSORVENTES NATURAIS PARA CONTROLE DE EUTROFIZAÇÃO
PALAVRAS-CHAVES: Sorção. Geoengenharia. Isotermas de langmuir.
PÁGINAS: 20
RESUMO: A eutrofização é o processo que consiste no aumento da produtividade primária e da matéria orgânica, através do enriquecimento excessivo de nutrientes. O fósforo é o nutriente mais limitante, e seu ciclo biogeoquímico precisa ser manipulado para restauração do manancial. Além de cessar o aporte externo, é necessário reduzir o fósforo disponível na coluna d’água e no sedimento. As técnicas de geoengenharia inativam este nutriente através da sorção, utilizando sorventes de fase sólida (SFS). A sorção inclui os processos de adsorção, precipitação e a polimerização. Na adsorção, o fosfato ficará acumulado na superfície do material. Argilas modificadas com adição de cátions mostram bons resultados de adsorção, porém, o seu custo é alto, inviabilizando o uso. Assim, outros SFS precisam ser testados. Algumas variáveis do solo e da água exercem influência no processo de adsorção. Teor de matéria orgânica, teor de argila e cátions do complexo sortivo (cálcio, magnésio, alumínio) e pH do solo. Estado redox, substâncias húmicas e pH da água. O objetivo deste trabalho é avaliar o potencial de adsorção de fósforo de materiais adsorventes naturais para o uso na restauração de mananciais. A hipótese é de que os materiais com maior teor de argila e silte, terão um maior potencial de adsorção de fósforo presente na água, e que esse potencial diminuirá com o aumento de pH da água e sob condições anóxicas. Serão testados materiais adsorventes provenientes de cinco municípios do Rio Grande do Norte: Latossolo Vermelho Amarelo de Extremoz; Rejeito fino da mineração de scheelita em Currais Novos; Planossolo de Santa Cruz; Luvissolo Crômico em Cruzeta e Sedimento do reservatório Itans em Caicó. Serão feitos testes de adsorção dos materiais. Para análise de dados será utilizado o modelo de isotermas de Langmuir para estabelecer a relação entre a quantidade de íons fosfato adsorvida e sua concentração de equilíbrio. Para se comparar o potencial de adsorção com as características do material adsorvente, será feita uma correlação de Pearson.
MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - JOSÉ NEUCIANO PINHEIRO DE OLIVEIRA - IFCE
Interna - 1662859 - KARINA PATRICIA VIEIRA DA CUNHA
Externa à Instituição - MARCELA APARECIDA CAMPOS NEVES MIRANDA - INPE
Presidente - 1764855 - VANESSA BECKER
Notícia cadastrada em: 25/04/2019 14:22
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao