Banca de DEFESA: JÉSSICA YSABELLY TORRES ALVES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JÉSSICA YSABELLY TORRES ALVES
DATA : 16/04/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório da CCEA (Sala 212 do CTEC/UFRN)
TÍTULO:

 AVALIAÇÃO DE SISTEMA DE LODO ATIVADO HÍBRIDO EMPREGADO NO PÓS-TRATAMENTO DE REATOR UASB EM REGIÃO DE CLIMA QUENTE



PALAVRAS-CHAVES:

Lodo ativado híbrido. Reator UASB. Biofilme. Remoção biológica de nitrogênio. Respirometria. Clima quente.


PÁGINAS: 39
RESUMO:

Uma das tecnologias mais difundidas para o tratamento biológico de efluentes domésticos e industriais é o processo de lodo ativado (LA), devido, principalmente, à elevada qualidade do efluente e reduzidos requisitos de área. Dentre as configurações existentes, o sistema de lodo ativado empregado no pós-tratamento de efluentes de reatores UASB (UASB+LA) tem sido largamente utilizada em regiões de clima quente, uma vez que permite economia na aeração, menor produção de lodo e obtenção de lodo excedente já estabilizado, conduzindo à economia no seu tratamento. No entanto, esta configuração altera a composição do substrato afluente, originando problemas em sua operação, como a presença de lodo na superfície do decantador secundário, devido à desnitrificação não controlada nesta unidade (mesmo em sistemas projetados para a remoção de nitrogênio), baixa concentração de sólidos suspensos voláteis no lodo ativado e desnitrificação ineficiente. Dessa forma, este trabalho tem como objetivo investigar o desempenho da remoção de material orgânico e de nitrogênio em uma estação de tratamento em escala plena, composto de reator UASB seguido de reatores anóxico-aeróbio com combinação de biomassa suspensa e aderida (sistema híbrido). Para isso, a pesquisa foi dividida em três fases: (1) monitoramento dos parâmetros físico-químicos (DQO, NH4+, NO2ˉ, NO3ˉ, SSV) do sistema de tratamento; (2) Fracionamento da DQO afluente ao lodo ativado e (3) caracterização do metabolismo das bactérias autotróficas. Estas duas últimas fases foram realizadas por meio da respirometria, técnica baseada na medição do consumo de oxigênio por parte dos microrganismos, induzido pela adição de substratos. Os resultados mostraram que o sistema operou sob condições favoráveis de temperatura (30ºC), idade do lodo (7,1d), pH, e alcalinidade para a nitrificação total, porém a presença de biodiscos e a alta concentração de sólidos voláteis no sistema pode ter influenciado a difusão do OD, o que refletiu em uma nitrificação insatisfatória e a ocorrência de nitrificação-desnitrificação simultânea no reator aerado . Além disso, o reator UASB promoveu a redução da parcela facilmente assimilável e o aumento da parcela solúvel inerte da DQO total, o que refletiu em menores eficiências de remoção desse substrato e menores taxas de desnitrificação.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1759924 - HELIO RODRIGUES DOS SANTOS
Interna - 3057847 - SILVÂNIA LUCAS DOS SANTOS
Externo ao Programa - 2550052 - PAULO EDUARDO VIEIRA CUNHA
Externo à Instituição - ADRIANUS CORNELIUS VAN HAANDEL - UFCG
Notícia cadastrada em: 08/04/2019 18:28
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao