Banca de QUALIFICAÇÃO: DAIANNE GOMES DE FREITAS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DAIANNE GOMES DE FREITAS
DATA: 29/04/2016
HORA: 18:00
LOCAL: Coordenação do Núcleo de Saneamento Básico - DIAREN/IFRN
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA RECIRCUALACAO DA ÁGUA DE LAVAGEM DOS FILTROS EM UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE CICLO COMPLETO


PALAVRAS-CHAVES:

água de lavagem dos filtros, taxa de recirculação, jarteste, flotateste, protozoários.


PÁGINAS: 22
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
RESUMO:

Os resíduos gerados nas Estações de Tratamento de Água são, principalmente, formados pelo lodo de decantador e água de lavagem dos filtros - ALF. A ALF representa o maior índice de perdas, compreendendo a até 10% do rendimento da estação. Uma alternativa para a destinação desses resíduos é a recirculação no início da própria estação. Dessa forma, além de conferir um destino adequado, evitando o seu lançamento inadequado na natureza, a técnica de reciclagem pode tornar-se um meio de otimizar o processo de tratamento, reduzir as perdas da estação e diminuir o gasto com coagulantes. A presença de partículas desestabilizadas em sua constituição e o residual de coagulante presentes na ALF podem auxiliar a remoção de partículas da água bruta. Essa prática, porém, pode se tornar perigosa, dada a grande presença de contaminantes em sua constituição, entre eles microorganismos patógenos como os protozoários Giardia e Cryptosporidium. Para que o reaproveitamento dos resíduos não prejudique a qualidade final da água tratada, torna-se essencial a avaliação dos impactos causados por esse procedimento. Isso porque o desempenho da recirculação varia de estação para estação, de acordo com as características de cada uma. Entre os principais parâmetros envolvidos, podemos listar os seguintes: a) Os contaminantes existentes e características da água bruta; b) Configuração da estação; c) Necessidade de tratar os resíduos antes de recicla-los; c) A taxa de recirculação de resíduos em relação a água bruta. O presente estudo visa avaliar o desempenho da recirculação em diferentes taxas de recirculação. Serão utilizados água de lavagem dos filtros – ALF - sem tratamento, após clarificadas em laboratório e analisados também a recirculação do efluente de uma lagoa de sedimentação. Para isso, serão realizados ensaios de tratabilidade no jarteste e no flotateste.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 376.950.452-68 - ANDRE LUIS CALADO ARAUJO - IFRN
Interno - 1759924 - HELIO RODRIGUES DOS SANTOS
Externo à Instituição - MARCO ANTÔNIO CALAZANS DUARTE - IFRN
Notícia cadastrada em: 27/04/2016 09:36
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa19-producao.info.ufrn.br.sigaa19-producao