Banca de DEFESA: GEÓRGIA MOREIRA GURGEL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GEÓRGIA MOREIRA GURGEL
DATA: 22/02/2016
HORA: 15:00
LOCAL: AUDITORIO DO CENTRO DE TECNOLOGIA
TÍTULO:

CRESCIMENTO URBANO E SEUS IMPACTOS NO SISTEMA DE DRENAGEM DA BACIA XII.4  – NATAL/RN


PALAVRAS-CHAVES:

Uso e ocupação do solo; Simulação de cenários; Drenagem urbana; SWMM; LID.


PÁGINAS: 96
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
RESUMO:

O crescimento desordenado da maioria das cidades brasileiras não é, de forma planejada, acompanhado pelo desenvolvimento da infraestrutura urbana. Com o aumento da impermeabilização do solo, do escoamento superficial e a diminuição do volume infiltrado, impactos sobre os recursos hídricos e sobre a população das áreas afetadas pelo crescimento urbano são inevitáveis. Este trabalho tem como objetivo avaliar o uso e ocupação do solo de uma bacia e analisar o sistema de drenagem, de forma a controlar os impactos por meio de medidas que integrem o desenvolvimento urbano com a drenagem das águas pluviais em uma importante bacia na cidade de Natal/RN. O estudo envolveu a caracterização da bacia XII.4, sobre o uso e ocupação do solo, referente aos anos de 2005 e 2014. Com a aplicação do modelo SWMM foi possível analisar os impactos causados pelo processo de urbanização no sistema de drenagem existente, mostrando que os dois anos analisados encontram- se com suas áreas muito próximas do estado de saturação, em termos de porcentagem de áreas impermeáveis. Apesar da região ainda ser predominantemente residencial unifamiliar, sofre crescente verticalização, principalmente de edifícios comerciais. Sobre o sistema de drenagem, este se encontra ineficiente para as necessidades da área já no ano de 2005. O sistema de drenagem também foi testado para quatro variações de uso do solo através da elaboração de cenários. O cenário 1 é relacionado ao ano de 2014, considerado atual. O cenário 2 foi adotada a taxa máxima de 80% para a ocupação do solo, permitida para o município de Natal. O cenário 3 apresenta o estado crítico de ocupação do solo, estando à área 100% impermeabilizada. O cenário 4 é aplicado para a existência de LID( Dispositivo de Baixo Impacto). A análise dos cenários mostrou que todos indicam deficiência em algum ponto do sistema de drenagem em conseqüência do alto grau de ocupação da área que geram escoamentos superiores a capacidade inicial do sistema. Com o estudo ficou claro que a adoção de medidas não estruturais são eficientes na redução de alagamentos e no aumento da capacidade do sistema de drenagem.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1759777 - ADELENA GONCALVES MAIA
Presidente - 184.466.638-72 - ANTONIO MAROZZI RIGHETTO - UFRN
Externo à Instituição - MARCO AURELIO HOLANDA DE CASTRO - UFC
Notícia cadastrada em: 02/02/2016 11:32
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao