Banca de DEFESA: RADMILA SALVIANO FERREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RADMILA SALVIANO FERREIRA
DATA: 17/12/2015
HORA: 09:00
LOCAL: SALA DE AULA DO PRÉDIO DO LARHISA
TÍTULO:

QUALIDADE DA ÁGUA DE UM RESERVATÓRIO E DO SOLO DA ZONA RIPÁRIA SOB DIFERENTES USOS NA REGIÃO SEMIÁRIDA DO RIO GRANDE DO NORTE NO SEMIÁRIDO TROPICAL


PALAVRAS-CHAVES:

Eutrofização. Poluição difusa. Seca prolongada. Manancial de abastecimento.


PÁGINAS: 52
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
RESUMO:

Reservatórios são ecossistemas artificiais intermediários entre rios e lagos amplamente utilizado no semiárido brasileiro como forma de suprir a escassez hídrica da região. A utilização da água destes mananciais para múltiplos usos associada ao uso e ocupação sem manejo adequado da zona ripária influenciam diretamente no aumento do aporte de nutrientes para os ambientes aquáticos contribuindo para a aceleração da eutrofização. A região semiárida é marcada por condições meteorológicas peculiares como alta evaporação, temperaturas elevadas com pouca variação ao longo do ano e longo tempo de residência da água, suscetível a eventos de seca prolongada, o que tende a concentrar os nutrientes nos reservatórios favorecendo o estabelecimento de condições eutróficas. Além disso, é comum o uso e ocupação do solo com o desenvolvimento de atividades com potencial impacto ambiental sobre os recursos naturais como agricultura, pecuária e a ausência de esgotamento sanitário. O objetivo desse trabalho é avaliar a qualidade da água do Reservatório Cruzeta, localizado na região semiárida do Rio Grande do Norte, num período de seca prolongada e avaliar a qualidade do solo sob diferentes usos na sua zona ripária, ambos através do monitoramento de variáveis físico-químicas. O período de seca prolongada foi acompanhado de altos níveis de turbidez, sólidos suspensos, nutrientes e clorofila a caracterizando baixa qualidade da água. Na zona ripária do reservatório Cruzeta as áreas sob uso da agropecuária mostraram-se como uma das principais fontes difusas de nutrientes para o reservatório, apresentando os maiores teores de fósforo e nitrogênio no solo derivados da decomposição das excretas animais e do uso de fertilizantes conferindo ao manancial uma tendência ao aumento do processo de eutrofização. Os indicadores de qualidade da água e do solo são úteis para monitoramento e avaliação do estado de conservação desses recursos naturais permitindo o controle e mitigação do processo de eutrofização do reservatório. Assim, este estudo corroborou a hipótese de que a redução do nível d’água, resultante do evento da seca prolongada, agrava os sintomas da eutrofização e a utilização do solo sob os diversos usos modifica os atributos físicos e químicos do solo sendo a pecuária e a agricultura os usos com maior potencial em ceder P e N para o ambiente aquático.



MEMBROS DA BANCA:
Interno - 052.716.174-83 - FABIANA OLIVEIRA DE ARAUJO SILVA - UFRN
Externo ao Programa - 2190974 - JOANA DARC FREIRE DE MEDEIROS
Externo à Instituição - MARCO ANTÔNIO CALAZANS DUARTE - IFRN
Presidente - 1764855 - VANESSA BECKER
Notícia cadastrada em: 10/12/2015 10:00
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao