Banca de DEFESA: XAILA SANT´ ANNA AMARAL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: XAILA SANT´ ANNA AMARAL
DATA: 23/10/2015
HORA: 14:00
LOCAL: SALA DE AULA DO LARHISA
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ESGOTO E APROVEITAMENTO DE ÁGUA DE CHUVA EM UNIDADES EDUCACIONAIS


PALAVRAS-CHAVES:

Armazenamento de água de chuva; Tratamento de efluentes; Unidades educacionais.


PÁGINAS: 87
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
RESUMO:

Em várias regiões do mundo, a atividade de reuso cresce como uma alternativa frente a escassez e inacessibilidade de recursos naturais. No nordeste brasileiro não tem sido diferente, considerada a região mais vulnerável do território nacional, o reuso de esgoto e o aproveitamento de água de chuva vêm se configurando como atividades necessárias para conservar a água, uma vez que se trata de uma região onde os recursos hídricos são escassos ou de difícil acesso. Em unidades educacionais, localizadas em áreas pouco adensadas e/ou desprovidas de rede coletora de esgotos, tem-se utilizado sistemas de tratamento de esgotos de baixo custo e localizados nas próprias unidades produtoras. Embora simples, esses sistemas podem conferir aos efluentes qualidades compatíveis para a sua disposição no solo ou até mesmo para a irrigação. Essa tem sido uma realidade presente em vários campi do IFRN, onde os esgotos são tratados localmente, em unidades simplificadas, e os efluentes, bem como a água captada de chuva, têm sido infiltrados no solo e/ou utilizados para a irrigação de áreas verdes (jardins e campos de futebol). Tais práticas têm contribuído para a diminuição do consumo de água nos respectivos campi. No entanto, dúvidas e preocupações ainda existem quanto ao risco de contaminação dessas áreas e de transmissão de doenças para os usuários. Diante dessa problemática, objetivou-se com este estudo avaliar os sistemas de tratamento de esgoto e de aproveitamento de água de chuva nos campi do IFRN, a fim de contribuir para compatibilização do uso racional das águas disponíveis e assim, servir de modelo para outras unidades educacionais. Para isso, foram verificadas, nas unidades do IFRN, as tecnologias de tratamento de esgoto e da captação e armazenamento de água de chuva utilizadas, dimensões, localização, população contribuinte, destino do efluente final das unidades de tratamento de esgoto e o uso da água de chuva. Os sistemas foram avaliados com frequência mensal, de março à setembro de 2014, sendo coletadas amostras do afluente e efluente das estações de tratamento de esgoto e dos reservatórios de água de chuva. Dessa forma, pretendeu-se avaliar os sistemas de tratamento de esgoto e o aproveitamento de água de chuva. Como produto final, destaca-se que a caracterização dos esgotos das unidades educacionais se comportou de modo diferente de esgotos domésticos, apresentando eficiências abaixo do esperado pela tecnologia empregada, como por exemplo, a DQO que foi removida na faixa de 22 a 52%. Em relação ao aproveitamento da água de chuva, verificou-se que a água captada apresentou qualidade compatível para irrigação de áreas verdes. Portanto, conclui-se que essa avaliação promoveu a apresentação de proposições gerais para utilização nos campi do IFRN de operação, manutenção e monitoramento de seus sistemas de tratamento de esgoto e aproveitamento de água de chuva.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1759777 - ADELENA GONCALVES MAIA
Presidente - 376.950.452-68 - ANDRE LUIS CALADO ARAUJO - IFRN
Interno - 346736 - CICERO ONOFRE DE ANDRADE NETO
Externo à Instituição - JEAN LEITE TAVARES - IFRN
Notícia cadastrada em: 21/10/2015 13:10
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao