Banca de QUALIFICAÇÃO: SILVANA SANTANA GOMES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SILVANA SANTANA GOMES
DATA: 27/05/2015
HORA: 14:00
LOCAL: SALA DE AULA DO PREDIO DO LARHISA
TÍTULO:

MUDANÇAS NA COMPOSIÇÃO E BIOMASSA FITOPLANCTÔNICA DURANTE UM EVENTO DE SECA PROLONGADA EM UM RESERVATÓRIO TROPICAL DO SEMIÁRIDO


PALAVRAS-CHAVES:

Eutrofização, Cianobactérias, Mudanças climáticas, Manancial de abastecimento, Qualidade da água


PÁGINAS: 19
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
RESUMO:

Eventos de seca prolongada são refletidos nas flutuações hidrológicas e seu efeito é mais pronunciado em sistemas semiáridos. Uma das regiões frequentemente atingida pelo fenômeno da seca é o nordeste brasileiro, que, devido à baixa disponibilidade de água, sofre com maior intensidade os impactos ecológicos causados aos seus ecossistemas aquáticos pelas mudanças climáticas e alterações ambientais. A construção de reservatórios é uma das técnicas pontuais de combate às secas. Os usos múltiplos da água desses reservatórios, associados aos efeitos proporcionados pela seca, ocasionam um problema ambiental cada vez mais pronunciado: a eutrofização, caracterizada pelo aporte de nutrientes ao corpo hídrico, que, quando intensificada pela ação humana, apresenta como uma de suas principais consequências o aumento da biomassa algal, com predominância de cianobactérias. Eventos de seca afetam diretamente as características limnológicas dos ecossistemas aquáticos, como diminuição do volume de água do reservatório, aumento do tempo de retenção e da clorofila-a. O fitoplâncton é um bom preditor dessas alterações ambientais, visto que seu curto tempo de geração proporciona respostas rápidas às mudanças. A dominância de cianobactérias, algas potencialmente tóxicas, representa um dos principais problemas de qualidade da água e um grande desafio para o manejo dos ecossistemas. Diante disso, o objetivo do respectivo trabalho será investigar as mudanças na composição e biomassa fitoplanctônica e os seus fatores direcionadores em um reservatório mesotrófico semiárido tropical (Boqueirão, localizado em Parelhas/RN) durante um evento de seca prolongada (2012-2014). Para isso, foram coletadas amostras integradas do epilímnio no ponto de captação e analisadas as seguintes variáveis: pH, turbidez, transparência, temperatura, oxigênio dissolvido, condutividade, sólidos suspensos, alcalinidade, fósforo total, fósforo solúvel reativo, amônia, nitrato, clorofila-a, além da contagem do fitoplâncton. Dados de precipitação e volume dos reservatórios serão obtidos através da EMPARN e SEMARH, respectivamente, e, para caracterizar a seca prolongada, será utilizado o Índice de Precipitação Padronizada (SPI). Devido ao evento da seca, espera-se encontrar maior grau de trofia no reservatório, pior qualidade da água, refletida na mudanças das suas características limnológicas, aumento da biomassa algal e redução da diversidade de espécies, com predomínio de cianobactérias.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1764855 - VANESSA BECKER
Interno - 052.716.174-83 - FABIANA OLIVEIRA DE ARAUJO SILVA - UFRN
Interno - 1759924 - HELIO RODRIGUES DOS SANTOS
Notícia cadastrada em: 25/05/2015 14:11
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao