Banca de QUALIFICAÇÃO: GIOVANA DE OLIVEIRA ALVES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GIOVANA DE OLIVEIRA ALVES
DATA: 21/05/2015
HORA: 14:30
LOCAL: SALA DE AULA DO PREDIO DO LARHISA
TÍTULO:

QUALIDADE DO SOLO DE COBERTURA DE LIXÕES DESATIVADOS NO SEMIÁRIDO TROPICAL


PALAVRAS-CHAVES:

resíduos sólidos, revegetação, recuperação de área degradada, metais pesados.


PÁGINAS: 23
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
RESUMO:

A disposição dos resíduos sólidos urbanos sem medidas de proteção ambiental e sanitária adequadas reduz a qualidade do solo. Apesar de negligenciada, a avaliação da qualidade do solo que compõe a cobertura final de lixões desativados é fundamental para a aplicação correta de técnicas de recuperação e monitoramento ambiental de áreas degradadas pela disposição irregular de resíduos sólidos urbanos. Neste contexto, o presente trabalho objetiva avaliar a qualidade do solo na cobertura final de lixões desativados dos municípios de Currais Novos/RN e Olho D’água do Borges/RN a fim de auxiliar o processo de recuperação dessas áreas. Para tanto, amostras de solo serão coletadas nas profundidades de 0-20 cm e 20-40 cm a partir da cobertura final dos lixões desativados desses municípios e encaminhados a análise de atributos físicos e químicos. Os atributos físicos analisados serão densidade de partículas, granulometria, estabilidade de agregados e diâmetro médio geométrico, e densidade do solo. Para a caracterização química desses solos serão analisados os atributos: pH, condutividade elétrica, cátions trocáveis; acidez potencial, fósforo disponível, matéria orgânica do solo e nitrogênio total. Com base nos resultados do complexo sortivo serão calculados a soma de bases, CTC potencial e efetiva, saturação por bases, por alumínio, e por sódio e carbono orgânico.  Além desses, serão determinados os teores totais, o disponível, e o fracionamento dos metais pesados Cd, Cu, Ni, Pb, Zn, Cr, Mn, Hg, As e Fe. Os dados serão submetidos a estatística descritiva, análises de variância, teste de médias e análise de componentes principais (PCA). Espera-se que o diagnóstico ambiental dessas áreas degradadas pela disposição irregular de resíduos sólidos urbanos permita o direcionamento de programas de recuperação ambiental. As análises físicas e químicas do solo aprimoraram este diagnóstico de modo a assegurar a aplicação correta de técnicas de recuperação e monitoramento ambiental. Com isso, pretende-se colaborar com a tomada de decisão dos órgãos competentes quanto à gestão das áreas degradadas em lixões desativados. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FABÍOLA GOMES DE CARVALHO - IFRN
Presidente - 1662859 - KARINA PATRICIA VIEIRA DA CUNHA
Externo ao Programa - 2177287 - ZULEIDE MARIA CARVALHO LIMA
Notícia cadastrada em: 11/05/2015 15:19
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao