Banca de DEFESA: WEDINA RODRIGUES DE LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WEDINA RODRIGUES DE LIMA
DATA: 20/02/2015
HORA: 09:00
LOCAL: SALA DE AULA DO PREDIO DO LARHISA
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE LAGOAS DE ESTABILIZAÇÃO EM SÉRIE NO NORDESTE BRASILEIRO


PALAVRAS-CHAVES:

Lagoas de estabilização, Cianobactérias, Cianotoxinas.


PÁGINAS: 54
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
SUBÁREA: Saneamento Ambiental
RESUMO:

As lagoas de estabilização são sistemas de tratamento biológico em que a estabilização da matéria orgânica é realizada pela oxidação bacteriológica e/ou redução fotossintética das algas. O presente trabalho teve como objetivo monitorar e avaliar a eficiência das lagoas de estabilização em série do Estado do Rio Grande do Norte. Foram efetuadas coletas do efluente tratado foram realizadas diretamente nas caixas de saída das lagoas facultativas e maturações (M1 e M2), bem como o esgoto bruto (EB) que chegava nas estações. As variáveis analisadas foram: pH, temperatura, oxigênio dissolvido, sólidos suspensos totais, clorofila “a” , cor aparente, fósforo total, nitrogênio orgânico, nitrogênio amoniacal,  nitrogênio Kjeldahl, turbidez, densidade de cianobactérias e concentrações de microcistina. Foram realizadas análises de variância (ANOVA one way) observando as premissas utilizando o teste de Tukey, a fim de verificarmos diferenças entre os tratamentos. A avaliarmos as estações verificou-se remoções de DQO nas faixas de 48,8% (Pipa) a 75,8% (Caiçara Rio do Vento) e 57,5% (Pipa) a 83,0% (Santo Antônio), respectivamente. As concentrações médias da densidade de cianobactérias das LFs variaram entre 62.545 céls.mL-1(Pedro Velho Roça) a 2.669.048 céls.mL-1 (Ponta Negra), enquanto os efluentes finais apresentaram entre a faixa de 9.072 Cels.mL-1 (Pedro Velho Roça) a 1.899.981 céls.mL-1 (Macau – Ilha de Santana) e as concentrações médias do efluente final de microcistina variaram entre 0,02 µ.L-1 (Ponta Negra) a 0,15 µ.L-1(Macau – Ilha de Santana) nas estações estudadas. Das sete estações de tratamento de esgoto avaliadas, apenas Ponta Negra, apresentou o conjunto dos fatores considerados. Em síntese os sistemas de lagoas de estabilização do Estado do Rio Grande do Norte apresentaram peculiaridades operacionais, que influenciaram nas condições na remoção de material orgânico, as quais interferiram na eficiência nos sistemas, sendo provável que seja uma combinação de aspectos operacionais, relacionados ao nível de controle operacionais e manutenção.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 376.950.452-68 - ANDRE LUIS CALADO ARAUJO - IFRN
Interno - 1759924 - HELIO RODRIGUES DOS SANTOS
Externo à Instituição - MARCO ANTÔNIO CALAZANS DUARTE - IFRN
Presidente - 1764855 - VANESSA BECKER
Notícia cadastrada em: 13/02/2015 18:10
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa22-producao.info.ufrn.br.sigaa22-producao