Área de Concentração
Mestrado
MODELAGEM MATEMÁTICA
Linhas Pesquisa :
› MATEMÁTICA COMPUTACIONAL
MODELAGEM MATEMÁTICA- Esta linha compreende a aplicação de métodos, técnicas e ferramentas matemáticas à solução de problemas de outras áreas e da própria matemática. Uma característica que a distingue de outras linhas da mesma área é o papel central que a Computação exerce nos métodos, técnicas e ferramentas empregados, o que torna o estudo, desenvolvimento, implementação e análise de algoritmos, tanto numéricos quanto simbólicos, um componente essencial na formação daqueles que optam pela linha.
› OTIMIZAÇÃO, PROBLEMAS INVERSOS E MATRIZES
MODELAGEM MATEMÁTICA- Esta linha tem foco na pesquisa em algoritmos de otimização linear e não linear, otimização combinatória, problemas inversos e álgebra linear numérica, assim como a formulação de teorias de convegências de métodos numéricos.
PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA
Linhas Pesquisa :
› PROBABILIDADE (INATIVA)
PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA- Esta linha de pesquisa foi desativada e deu origem à linha Processos Estocásticos.
› PROCESSOS ESTOCÁSTICOS
PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA- Pesquisas focadas na criação, estudo e aplicação de modelos matemáticos que descrevem de forma mais realista fenômenos que envolvem elementos aleatórios.
› MODELOS DE REGRESSÃO
PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA- Esta linha de pesquisa objetiva o desenvolvimento de métodos estatísticos voltados, principalmente, para Análise de Sobrevivência e Modelos Hierárquicos. São estudados aspectos teóricos e computacionais das técnicas propostas com motivação em problemas provenientes de diferentes áreas de aplicação da Estatística.
› MÉTODOS ESTATÍSTICOS (INATIVA)
PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA- Esta linha foi desativada e deu origem às linhas Estatística Industrial e Modelos de Regressão.
› ESTATÍSTICA INDUSTRIAL
PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA- Esta linha compreende estudos voltados ao aprimoramento e desenvolvimento de métodos estatísticos relacionados com Controle Estatístico de Qualidade (CEP) e Planejamento de Experimentos (PE), buscando resultados confiáveis com economia de tempo e recursos. São estudados aspectos teóricos e práticos envolvidos no monitoramento, na melhoria contínua e na inovação de produtos e processos industriais. Tanto CEP quanto PE têm um potencial enorme para aplicações em ambientes industriais frente aos problemas que necessitam resolução, via de regra, muito rápida para não comprometer a produção.
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao