/ - Telefone/Ramal:
Notícias > Banca de DEFESA: DOUGLISNILSON DE MORAIS FERREIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DOUGLISNILSON DE MORAIS FERREIRA
DATA : 28/02/2019
HORA: 14:30
LOCAL: IFRN Natal Central - Miniauditório da Diretoria Acadêmica de Recursos Naturais (DIAREN)
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DE RISCO NO REÚSO DE ESGOTOS DOMÉSTICOS UTILIZADOS NA AGRICULTURA


PALAVRAS-CHAVES:

Agricultura. Impactos. Legislação. Percepção. Reúso.


PÁGINAS: 111
RESUMO:

A escassez hídrica é uma problemática atual de relevância mundial. No cenário nacional, essa realidade alcança níveis elevados de seca em boa parte do ano, em especial no semiárido, sendo necessária a busca de alternativas mitigadoras, como o reúso agrícola, prática comumente utilizada em diversos países, e, em crescimento no Brasil. No entanto, o país não dispõe de legislação específica que contemple limites norteadores de parâmetros para o esgoto utilizado, os quais podem minimizar os impactos gerados à saúde e ao ambiente.  Nesse sentido, este trabalho realizou diagnóstico sensorial junto aos moradores residentes nas proximidades de Estações de Tratamento de Esgotos Domésticos, no intuito de avaliar os impactos causados com o funcionamento. Paralelamente, a partir das diretrizes e legislações internacionais que tratam dessa temática, realizou-se revisão bibliográfica para proposição de limites de segurança para o reúso agrícola e, posterior definição de índices de riscos (IRA, ITR), envolvendo os parâmetros de maior significado sanitário (físicos, químicos, biológicos). Na aplicação desses índices, utilizou-se como campo de atuação os municípios de Caiçara do Rio do Vento, Parelhas, Pedro Velho e Santana do Seridó, localizados no Rio Grande do Norte, em virtude da existência de atividades de reúso para alimentação humana e animal. Na percepção, realizada em Parelhas e Pedro Velho, os impactos produzidos pelo sistema de tratamento, como odor e proliferação de mosquitos - ocasionando problemas econômicos, sociais e sanitários - contribuem para a rejeição da população. Por outro lado, observou-se considerável aceitação no reaproveitamento do esgoto em atividades agrícolas. Em se tratando dos limites e índices propostos, estes são o primeiro passo para uma futura incorporação regulamentar da atividade, tendo como campo primário de aplicação o semiárido, mas expansível às diversas regiões, pela similaridade nas condições, eficiência e operacionalização das Estações do país, composto em sua maioria por sistemas de Lagoas de Estabilização.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - JEAN LEITE TAVARES - IFRN
Externa ao Programa - 3919045 - JULIANA DELGADO TINOCO
Interno - 707.819.324-59 - JULIO ALEJANDRO NAVONI - UFRN
Externo à Instituição - LUIZ PEREIRA DE BRITO - NENHUMA
Presidente - 1674709 - VIVIANE SOUZA DO AMARAL

Notícia cadastrada em 13/02/2019 10:58  
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao